O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Em 1904, houve uma grande revolta popular devido à falta de informação e à disseminação de falsas informações sobre as vacinas. Atualmente, apesar de existirem projetos de lei que proíbem essa disseminação, a falta de fiscalização governamental e a não verificação da veracidade de uma informação antes de seu compartilhamento continuam se fazendo presentes. Urge, portanto, a necessidade de analisar tal realidade de modo a identificar e combater seus impactos no cotidiano da população, objetivando promover uma nação mais bem informada.


Primeiramente, cabe salientar que a ausência de fiscalização governamental dificulta a erradicação da divulgação de informações falsas. Tendo como exemplo a Revolta da Vacina, se os cidadãos tivessem sido orientados mediante canais de informação oficiais e se houvesse fiscalização governamental para o caso de propagação de falsas notícias, talvez esse evento tivesse sido evitado.


Em segunda análise, a falta de cuidado individual em determinados assuntos tem como consequência o compartilhamento de conteúdos cuja informação neles contidos podem ou não ser verdadeiras. Essa ação compactua com a disseminação de boatos em vários níveis, tanto em escala individual, quando em escala global. Um exemplo disso foi a tentativa da União Soviética de culpar os Estados Unidos de ter criado a AIDS - mentira que muitos acreditam até os dias de hoje - objetivando influenciar a opinião pública.


Nesse contexto, a aprovação do projeto de lei que tem como objetivo criminalizar o compartilhamento e a divulgação de falsas informações pela internet, é de extrema importância para que a fiscalização governamental seja efetiva. Além disso, é relevante que o governo junto ao Ministério da Educação, informem a população através de canais de informação oficiais os perigos da disseminação de "fake news". Dessa maneira os indivíduos que divulgarem falsas informações serão devidamente punidos e teremos uma sociedade mais bem informada.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!