O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Tema: Gravidez na adolescência no Brasil.


No livro "Clara dos Anjos" de Lima Barreto narra a história de Clara que por ser jovem negra e ingênua é seduzida e em sua primeira relação sexual engravida. Fora da ficção, é fato que caso de sedução as adolescentes entre 12 a 18 anos é presente no país. Isso se deve, sobretudo, pela ausência da orientação sexual no âmbito familiar e a escassez dos métodos contraceptivos e preventivos por parte pública. Desse modo, fatos devem ser analisados e medidas devem ser tomadas a fim de amenizar casos de gravidez na adolescência no Brasil.


Vale ressaltar, também, que a ausência da orientação sexual na infância, deixam crianças e adolescentes propensas aos casos de aliciamento e de abusos sexuais. A respeito disso, durante o século XIX, com a Revolução Industrial intensificou o processo do êxodo rural vivida pela população camponesa, que buscavam melhores condições de vida nas capitais. Entretanto, com o mal planejamento urbano as mulheres que deslocavam-se as metrópoles estavam propensas aos estupros por não receber apoio estatal, e especialmente pela forte cultura machista marcado nesse período. Desse modo, infere-se que a desaparição da educação sexual tem raízes históricas, que acarreta a falta da consciência coletiva com o público jovem promovendo a exclusão social desse grupo.


Segundo a filósofa Hannah Arenat, o poder vem de baixo para cima, e não existe sem o consentimento do povo. Desse modo, a igualdade de direitos a isonomia, infere-se também aos métodos preventivos e contraceptivos que não devem concentrar apenas pelas classe nobres, semelhante na obra de Lima Barreto que por Clara residir em bairros periféricos, não obtinha aquisição de medicamento. Assim, a população deve ter em mãos a medicina preventiva, já que todos são iguais perante a lei , deve ainda haver reforço na prática de regulamentação como forma de combate a estratificação social no país.


Entende-se, portanto, que a continuidade de casos de gravidez na adolescência no Brasil, é fruto ainda pela fraca implementação da orientação sexual e da Medicina preventiva. A fim de, atenuar o problema, cabe o Ministério da Educação e Cultura (MEC), crie por meio de verbas governamentais, campanhas didáticas para a família, apresentando o exercício da sexualidade, e as consequências das relações sexuais sem camisinha, apontando desde o perigo da proliferação das doenças sexuais transmissíveis e os impactos do abandono escolar.
Além disso, deve o governo federal aplicar campanhas de distribuições dos métodos preventivos e contraceptivos gratuitos, tal como, anticoncepcionais e as camisinhas femininas e masculinas estimulando o uso durante as relações sexuais, para que a grande parcela da população de baixa renda tenha acesso a este de recursos, a fim de, reduzir o índice da gravidez precoce no Brasil. Retirando a filosofia de Hannah Arendt do papel e pondo a sua ideológia isonômica em prática.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!