O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Conforme a Declaração Universal dos Direitos das Crianças, os pequenos possuem o direito a desfrutar plenamente de jogos e brincadeiras dirigidas a educação. Entretanto, no Brasil, a prática deturba à teoria, uma vez que, encontram-se entraves para a consolidação das atividades lúdicas em prol do desenvolvimento dos mais novos. Nesse contexto, deve-se analisar como a inoperância estatal e a família contribuem para a existência da problemática.
Em primeira análise, é necessário ressaltar a falha estatal no que tange ao oferecimento de espaços públicos destinados às crianças. Por conseguinte, a falta de locais para os pequenos poderem desfrutar e brincar, como brinquedotecas nas escolas e praças nos municípios, acaba por desestimulá-los a realizar tal atividade, prejudicando assim, o seu desenvolvimento enquanto indivíduo e membro da sociedade e, dessa forma, deturba um direito garantido pela Declaração Universal dos Direitos das Crianças e também pela Constituição Cidadã de 1988. Em decorrência, os mais novos perdem a oportunidade de convivência em grupo, prejudicando não só a sua socialização futura, mas também o seu potencial criativo, uma vez que as atividades lúdicas são essenciais para sua fomentação.
Consoante ao mencionado, tem-se a falta de estímulo a prática, realização e participação das crianças em brincadeiras pelas famílias. Dessarte, como os indivíduos do mundo contemporâneo se encontram cada vez mais sem tempo - devido sobretudo as obrigações diárias, como o trabalho -, muitos pais acabam não incentivando os seus filhos a praticarem atividades lúdicas, como brincar, substituindo esse importante hábito por jogos eletrônicos, os quais não demandam tanto esforço, tempo e não possuem a necessidade de deslocamento para algum onde o pequeno possa brincar em conjunto a outros cidadãos em formação. Como consequência, perde-se uma importante ferramenta para o desenvolvimento infantil, e o cognitivo, prejudicando a formação de mentes criativas e também o desempenho escolar dessa criança.
Diante do exposto, faz-se necessária a adoção de medidas para atenuar a problemática. Portanto, cabe ao Congresso Nacional, através da alteração da Lei de Diretrizes Orçamentárias, o remanejamento de mais recursos para a construções de espaços públicos como brinquedotecas e praças, com a finalidade de oferecer locais que promovam a brincadeira entre as crianças, estimulando assim, o desenvolvimento infantil, a formação de um indivíduo mais criativo e sociável. Ademais, cabe às escolas, a criação de palestras, as quais contenham as presenças dos pais, com o intuito de promover o debate sobre a importância das atividades lúdicas na formação dos pequenos, a fim de cumprir o direito à brincadeira previsto em âmbito nacional e internacional.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!