O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

(TEMA: OS INFLUENCIADORES DIGITAIS E A FORMAÇÃO DO JOVEM BRASILEIRO)
Zygmunt Bauman, sociólogo polonês do século XX, afirma que as relações modernas são caracterizadas pela velocidade. Assim, a influência do meio digital na formação dos jovens brasileiros revela a rapidez das informações, como também a superficialidade do conhecimento. Nesse sentido, convém analisarmos as principais problemáticas desse fenômeno.

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), cerca de 100 milhões de brasileiros possuem acesso à internet. Desse modo, o número expressivo de internautas evidencia a importância do mundo digital na contemporaneidade ao possibilitar uma série de ferramentas, caracterizadas pelos sites de busca e pelas redes sociais, nas quais proporcionam informações imediatas. Tal aspecto, coaduna, certamente, com o desenvolvimento dos jovens, visto que o conhecimento torna-se palatável e espontâneo, assim como ratifica a tese de Zygmunt Bauman. Logo, em um Estado moderno, é admirável o compartilhamento de ideias a fim de propiciar educação aos mais novos.

Nesta conjuntura, a velocidade da informação aliada aos influenciadores digitais apontam para a superficialidade das notícias. Dessa maneira, a opinião dos adolescentes são embasadas em ideias dos chamados Youtubers, pessoas que produzem vídeos no Youtube com diferentes objetivos, além de propagarem conhecimentos sem comprovação verídica. Este cenário, infelizmente, colabora com o espraiamento das Fake News (notícias falsas) e ajuda com que 84% dos internautas utilizem as redes sociais para promover a intolerância, segundo o Projeto Comunica que Muda. Em vista disso, é inadmissível a postura dos jovens ao considerarem verdadeiro tudo o que apresentam na internet.

Dado o exposto, o mundo digital na formação dos mais novos permeia múltiplos conhecimentos e corrobora com a alienação. Precisa-se, portanto, que o Ministério da Educação coloque na ementa escolar o estudo das características do mundo digital a fim de formar cidadãos que busquem por informações verídicas, por meio de hemerotecas nos centros educacionais, com a presença de professores especializados nas ferramentas da internet e preparados para o diálogo com os alunos. Espera-se, com isso, não apenas instruir os alunos, como também promover a busca racional de informações no mundo digital.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!