O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

TEMA: Venezuelanos no Brasil

TÍTULO: Descontrole circunstancial


Assim como afirma Darwin e a evolução, não é sempre o mais forte que sobrevive, mas aquele que melhor se adapta as novas circunstâncias. Na contemporaneidade, pela crise vivida na Venezuela, a ocorrência de venezuelanos que se abrigam no Brasil na tentativa de mudar as circunstâncias vividas é recorrente, trazendo consigo, além de uma superlotação nas fronteiras entre os dois países, diversos problemas de saúde incomuns por aqui.
Em uma primeira análise, o artigo 6 da Constituição Federal de 1888, prevê os direitos de uma sociedade, tais quais: Saúde, segurança, educação e lazer. No entanto, a vinda descontrolada de venezuelanos para o Brasil tem sobrecarregado órgãos públicos municipais (postos de saúde, delegacias) e também áreas comerciais (mercados, feiras) privando assim, os cidadãos brasileiros de seus direitos constitucionalmente regidos.
Outrossim, a saúde dessa região está ameaçada, visto que, como no Período Colonial, com a vinda dos portugueses ao Brasil, os indígenas que aqui viviam acabaram acabaram adoecendo e vindo a óbito por conta da falta de familiaridade com doenças que, para os portugueses, eram comuns. Sendo assim, muitas doenças desconhecidas e, até mesmo, que já foram praticamente extintas no Brasil, voltam à tona, trazidas por esses venezuelanos. Com isso, é necessário que medidas coerentes e bem estabelecidas sejam tomadas.
Entende-se, portanto, que o Ministério da Saúde deve enfatizar na região citada, cuidados com vacinas às doenças trazidas, para que a saúde da região não decline. Além disso, o Ministério da Segurança deve por meio de operações, controlar a entrada de imigrantes pela fronteira (Brasil e Venezuela), visto que a situação atual vivida é de total descontrole, facilitando a entrada, por exemplo, de produtos ilícitos. Só assim, controlando a entrada de imigrantes e tendo cuidado com as doenças, tudo se normalizará.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!