O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Na série Demolidor, o personagem Matt Murdock sofre um acidente na infância e perde a visão, entretanto, consegue superar as dificuldades dessa deficiência e por meio do braile forma-se em Direito e executa ativamente a profissão. Todavia observa-se que essa, não é a realidade da população brasileira, vivendo a mercê das conflitosas relações sociais e do défice na qualidade e acessibilidade da educação dos cegos, ampliando a problemática.
Cabe analisar, antes de tudo os fatos e consequências dos conflitos sociais em detrimento dos cegos. Segundo o IBGE, 18,6% da população brasileira possui algum tipo de deficiência, sendo a deficiência visual parte significativa desse percentual. Analisa-se que, apesar dos progressos históricos decorrentes, o preconceito com o diferente ainda está enraizado na sociedade, por vezes conflitando com o aprendizado do cego , uma vez que sem o apoio social e medidas públicas afirmativas, esses indivíduos criam um estigma que não conseguirão progredir, deixando a educação como segundo plano. Desse modo, é necessário o fortalecimento da Lei Brasileira de Inclusão (LBI) visando a educação, a inclusão social, a acessão profissional e a cidadania.
Vale realçar as mazelas no acesso e na qualidade da educação dos cegos no Brasil. O artigo 5° da Constituição Federal ressalta o acesso à educação como um Direito Fundamental. Observa-se que existe um crescente no número de alunos cegos em escolas comuns, uma vez que escolas especializadas possuem um valor mensal elevado, não sendo compatível com o padrão da população nacional. Não obstante, diversas escolas municipais e estaduais não têm as competências necessárias para atender, qualificadamente as necessidades desse aluno, como a contratação de um professor que ensine braile, pavimentos adaptados para o deslocamento dentro da escola, e a dificuldade dos alunos em interagir com o deficiente visual, pela falta de instrução. Em suma, apesar do processo gradual de integração do cego e sua formação educacional, esses ainda enfrentam desafios danosos.
Fica evidente, portanto, que medidas fazem-se necessárias para resolver esse impasse. Para isso, o Ministério da Educação e o Governo Federal devem investir na regulamentação de normas e padrões de adesão aos deficientes visuais nas escolas, com professores capacitados, aulas de braile, e a produção de conteúdo auditivo especializado. Já a mídia, cumprindo sua função social, poderia promover palestras em prol da informatização social, com aulas para que todos saibam como lidar e ajudar os cegos, além da promoção de publicidades do Dia Internacional do Cego, dia 13 de dezembro, para que haja efetivamente a inclusão social, fundamental para a qualidade do aprendizado dos deficientes visuais. Assim, por mais difícil, é necessário tomar o primeiro passo para que todos os cegos sejam exemplos como Matt Murdock fora.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!