O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Simulado Enem Objetivo- 19/08/2018
Tema: Medidas necessárias para erradicar o trabalho escravo no Brasil


Segundo o filósofo grego Aristóteles, "Todo homem é um ser social, racional e político", o que conjuga o indivíduo a um ser pensante e digno de exercer sua cidadania e seus direitos, dentre eles, o de ir e vir. Todavia, a persistência do trabalho escravo na sociedade, acaba por abstrair tais direitos, dos quais a dignidade de viver em condições salubres à vida. Nesse contexto, quer seja pela grande desigualdade social vigente no território brasileiro, ou quer seja pela frouxidão das leis trabalhistas, o fito é encontrar soluções a fim de mitigar essa prática.
Em primeira análise, a posição do Brasil entre os primeiros na desigualdade social do mundo contribui para a persistência do escravismo. Nesse ínterim, a herança colonial da grande concentração de renda para poucas pessoas acaba por projetar uma grande população carente. Dessa forma, esse grupo de indivíduos são, comumente, privados da educação básica na escola, e veem no trabalho uma forma de sobrevivência. Por consequência, a escravidão surge quando a necessidade de um salário esbarra na superexploração calada, ou seja, a aceitação de uma situação desumana como forma de manter-se vivo.
Em segundo lugar, a frase de Thomas Hobbes de que "O homem é o lobo do homem" cabe à situação na medida em que a frouxidão das leis trabalhistas permite que patrões subjuguem seus empregados à condições degradantes de serviço. Recentemente, o caso de uma patroa a procura de doméstica, cujo pagamento seria um lugar para sua moradia, veio à tona como uma escravidão naturalizada, fruto de um destemor quanto as punições trabalhistas.
Portanto, diante do exposto, com o fito de mitigar o trabalho escravo, o Ministério da Educação deverá pleitear uma maior porcentagem do PIB à Educação Fundamental, para a criação de escolas em regiões onde predominam essa realidade. Somado a isso, o Legislativo deve aprovar leis que aumentem o tempo carcerário a patrões que usufruírem do escravismo. Dessa forma, tratando das causas e consequências, o ser humano rumará à sua dignidade proferida por Aristóteles.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!