O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Após a Revolução Industrial, jornadas de trabalho exaustivas tornaram-se comuns em decorrência do aumento na demanda de mão de obra, portanto fez-se necessário a criação de leis que amparassem o empregado e estabelecesse limites ao empregador. O Brasil, mesmo com leis, trabalhistas que condenam o trabalho escravo, possui pessoas que trabalham de forma análoga à escravidão. Esse fenômeno se dá não só pela má distribuição da riqueza, mas também pela cultura implícita de valorização do trabalho.
A vulnerabilidade social e econômica atinge grandes grupos populacionais que em busca de sobrevivência priorizam o ganho de valores, consequentemente não conseguem ao menos iniciar os estudos. Tais fatos contribuem para a falta de oportunidade, que por sua vez auxiliam o preenchimento de vagas de emprego, mesmo que as condições sejam precárias.
Paralelamente, o trabalho braçal direcionado aos mais pobres, desde a colonização brasileira, possui valorização nas áreas rurais do país, onde as leis são impedidas de vigorarem e cartéis articulam-se para aliciar pessoas. "Deus ajuda quem cedo madruga" ditado popular usado para encorajar o trabalhador, porém ele generaliza e qualifica tudo quanto trabalho disseminando o senso comum de dever trabalhar, independente das condições.
Em suma, além da vulnerabilidade, a população também adquire, implicitamente, o pensamento do trabalho ser um dever, propondo-se a realizar tarefas ilegais e que não lhe cabem. Por conta disso, mostra-se necessário a criação de um Plano Nacional de Combate ao Trabalho Escravo no Brasil, que será realizado em duas etapas. A primeira consiste na ampliação do Programa Bolsa Família que além de oferecer ajuda às famílias, também oferecerá ao trabalhador rural, o Governo Federal ficará incumbido da organização e distribuição. A Segunda requer a parceria da Polícia Federal e Ministério do Trabalho, fiscalizando intensamente áreas mais remotas do país. As ações tem como finalidade garantir o cumprimento das leis já vigentes e iniciar o processo de erradicação do trabalho escravo no Brasil.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!