O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Com o advento da Revolução Industrial, a humanidade passou por diversas mudanças, entre as quais, destaca-se o grande aumento de produtividade. Consequentemente, o desperdício tornou-se parte da cultura de grande parte dos países industrializados. Nesse contexto, é válido analisar a maneira como o descaso com os alimentos persiste no Brasil, sendo necessário intervenções para resolver o impasse.

Convém salientar, inicialmente, que a ineficiência do Estado nessa questão é um fator determinante para a continuidade da problemática. Tendo em vista esse aspecto, o Governo ainda não desenvolveu leis efetivas, que atribuam punições, sobretudo, para as corporações do ramo alimentício que partilham dessa prática. Por conseguinte, na maioria das vezes, não há uma ética de responsabilidade dessas empresas para com esses recursos. Esses fatores contribuem para que, de acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), no Brasil, o desperdício de alimentos chegue a 40 mil toneladas diárias.

Em segunda análise, é importante destacar que esse descaso é um fator cultural, que gera um consumismo desregrado e, como resultado, poderá desencadear sérios problemas ao futuro do planeta e da espécie humana. Isso pode ser comprovado por meio do pensamento do filósofo alemão Hans Jonas, que afirma que a sobrevivência do homem depende dos seus esforços para cuidar do planeta. Dessa forma, medidas são necessárias para que as futuras gerações não sejam afetadas.

Diante dos fatos supracitados, é imprescindível que o Legislativo desenvolva leis que punam com multas às empresas que desperdiçam inadequadamente alimentos, de modo que esse mecanismo seja utilizado para reduzir essa prática. Além disso, com o fito de conscientizar a população, as ONGs (Organizações Não Governamentais), em parceria com a mídia, devem propagar maiores informações dos benefícios e da importância de aproveitar os alimentos em sua totalidade. Ademais, a fim de que as crianças tornem-se futuros adultos prudentes, o MEC (Ministério da Educação) deve instituir, nas escolas, um programa que estimule o respeito aos alimentos. Dessarte, é possível solucionar a problemática.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!