O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A política brasileira em questão tem sofrido controvérsias no atual sistema democrático. De acordo com o Datafolha, o apoio a democracia vem decaindo desde 2014, visto que em 2017 o índice caiu 10% em três anos. Além disso, a impunidade e os privilégios dos quais os políticos exercem colocam em descrédito as instituições democráticas, outrossim, a crise econômica, o desemprego, pioram as condições de vida e reforçam a falsa percepção de que um líder autoritário seria a solução para o país. Nesse âmbito, pode-se analisar que essa problemática persiste por ter raízes econômicas e sociais.
Nesse sentido, economicamente o Brasil sofre com a carência de empregos0000 moradias0000 saúde0000 educação0000 com o aumento de impostos e o corte de verbas. No ano de 2018, segundo a folha de São Paulo ocorreu um aumento significativo no preço dos combustíveis, acarretando à greves e crises econômicas. Afirmando com a célebre frase de Hobbes "O homem é o lobo do homem", a desigualdade persiste no âmbito brasileiro, sendo possível afirmar que o atual sistema democrático é ineficaz e necessita ser aperfeiçoado para melhores condições econômicas.
Além disso, persiste na sociedade o estigma da corrupção, com a compra de votos e a manipulação exercida por alguns eleitos a presidência. Relativo ao sistema democrático, em 2017 o atual presidente Michael Temer foi acusado por Rodrigo Janot ao Supremo Tribunal Federal por corrupção, afirma-se que o presidente negociou aproximadamente trinta e cinco milhões de reais em troca de vantagens ao grupo empresarial JeF. Por conseguinte, a precária infraestrutura democrática insiste por ter bases corruptas, levando ao enfraquecimento democrático.
Pode-se perceber, portanto, que as raízes econômicas e sociais brasileiras aumentam a necessidade do aperfeiçoamento no sistema atual. Para que essa erradicação seja possível, é necessário que o STF investigue corretamente a situação atual dos candidatos para que possa eliminar a corrupção, os deputados não contribuam com a compra de votos negando a oferta de fisiologismo, diminuindo a manipulação. Além disso, caberia a população se posicionar de forma rígida em debates0000 protestos e campanhas, para o fim da situação atual situação brasileira e melhorias nos setores socioeconômicos para melhor desenvolvimento do país. Quem sabe, assim, o fim da desigualdade entre classes deixe de ser uma utopia para o Brasil.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!