O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Brás Cubas, o defunto-autor de Machado de Assis, diz em suas "Memórias Póstumas" que não teve filhos e não transmitiu o legado de nossa miséria a nenhuma criatura. Talvez hoje ele percebesse sua acertada decisão: a ineptidão dos Órgãos Públicos e a postura de muitos brasileiros frente à vacinação é a face mais cruel de uma sociedade em desenvolvimento. Com isso, surge a problemática da vacinação no Brasil, que aclama por imediata solução.
A Constituição Cidadã, promulgada em 1988 e vigente atualmente no país, afirma que cabe ao Estado oferecer à população o acesso à saúde. Entretanto, tal medida não se efetiva na prática. Muitas prefeituras encontram-se desamparadas pelo Poder Público e não possuem verba para oferecer vacinas ou sequer contam com uma rede pública de saúde. Isso torna a população de baixa renda mais suscetível a doenças, o que deve preocupar o Ministério da Saúde.
Concomitante a isso, a lenta mudança de mentalidade social está entre as causas do problema. De acordo com Durkheim, o fato social é a maneira coletiva de agir e pensar. A seguir essa linha de pensamento, a falta de instrução leva diversos pais a não vacinarem seus filhos, logo, as crianças que conviveram nesse ambiente tendem a reproduzir tal comportamento, dando continuidade a expoente problemática.
Diante do exposto, torna-se evidente que intervenções devem ser realizadas para solucionar o problema. O Governo, por meio do Ministério da Saúde, deve liberar verba suficiente para os municípios estruturarem seus sistemas públicos de saúde, de modo a oferecer condições dignas de atendimento e propiciar a vacinação. Simultaneamente, em parceria com o Ministério da Saúde, o Ministério da Educação deve promover palestras em espaços públicos, visando conscientizar os pais e as famílias acerca da importância da vacinação. Outras medidas devem ser tomadas, mas como disse Oscar Wilde:" O primeiro passo é o mais importante na evolução de um homem ou nação".
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!