O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Jacobinos e girondinos na Revolução Francesa, bolcheviques e mencheviques na Revolução Russa, capitalistas e socialistas na Revolução Industrial que a necessidade de organizar-se de forma coletiva é inerente ao homem. De maneira análoga, tal condição é ilustrada na formação de partidos políticos que apresentam forte influência na democracia política, visto que incitam o exercício da função social do indivíduo na ampliação de sua participação no ordenamento governamental. Entretanto, cabe ao cidadão atentar-se ao domínio ideológico pregado por eles, livrando-se da alienação.
Nessa perspectiva, é notório que a existência das organizações partidárias fomenta a atuação do povo no âmbito político. Nesse sentido, a Constituição Federal de 1988 estabelece em suas diretrizes que "todo poder emana do povo", porém, muitas vezes, essa dominação é concretizada apenas quando a pessoa filia-se a um grupo que estimula o seu interesse pelas decisões políticas como, por exemplo, o reconhecimento das áreas atuantes e o próprio ato de votar. Logo, o fato de todos os eleitores estarem aptos a integrarem os partidos possibilita a sua luta por um bem comum, valor que pode ser modificado em outras circunstâncias.
Em contrapartida, é válido destacar que as agremiações podem exercer um efeito reverso acerca do papel democrático pela persuasão ideológica. Em suas obras, o filósofo Karl Marx defendeu que as ideologias refletem o interesse das classes dominantes no controle social, o que muito se assemelha a algumas dessas instituições que realizam parcerias com personalidades famosas do meio midiático para garantir a ascensão de seus votos nas eleições. Desse modo, é preciso que o eleitorado ponha em prática o seu sendo crítico para que seus ideais não sejam deturpados por seus representantes que podem excluir a opinião popular.
É indubitável, portanto, que as influenciações positivas do partidarismo devem sobrepor as negativas, levando o seu fim. Para isso, o Ministério das Comunicações deve promover a criação de conteúdos midiáticos que despertem a atenção da sociedade quando à defesa da representação de suas ideias por seus partidos. Assim, a realização se dará por meio de trocas subsidiárias do Governo Federal com as empresas de teledramaturgia que exibam em novelas de horário nobre a importância do protagonismo cívico com o fito de fazer com que os telespectadores exerçam a sua cidadania plenamente pelas uniões partidárias.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!