O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Tema: Os perigos das fake news na era da informação.

Em 1937, durante o governo Vargas, foi noticiada a existência do chamado "Plano Cohen", que seria arquitetado pelos comunistas a fim de derrubar o governo. Tal notícia acarretou várias consequências, como perseguição a pessoas contrárias ao governo, declaração do Estado de Guerra e o início do Estado Novo. Anos depois, foi descoberto que o plano, na verdade, era um documento falso inventado para acabar com qualquer ameaça comunista. Logo, percebe-se que as "fake news" estão presentes há muito anos, o que torna cada vez mais difícil erradica-las.
Observa-se, em primeira instância, que as fake news são muito disseminadas principalmente pela internet. Essas notícias normalmente vêm acompanhadas de fontes duvidosas, erros gramaticais e argumentos inconcretos. Nota-se que a criação das mesmas está ligada ao lucro por meio de acessos, e em muitos casos, são utilizadas para difamar alguém e distorcer situações, o que acaba por causar severas consequências à população.
Em decorrência disso, em 2018 houve grande compartilhamento de fake news a respeito dos efeitos colaterais das vacinas contra sarampo e poliomielite. Como resultado, familiares passaram a evitar a aplicação da vacina em crianças, o que acarretou na queda da taxa de cobertura da vacina, e ainda, em dois surtos de sarampo no Brasil. Sendo assim, o Ministério da Saúde emitiu um comunicado em sua página oficial na internet com o intuito de diminuir os efeitos das fake news, mas ainda assim, a campanha de vacinação não tem atingido o número esperado de pessoas.
É evidente, portanto, que as fake news são um entrave para a sociedade e precisam ser combatidas. Constata-se, então, que para reverter essa problemática é necessário o desenvolvimento de um programa que possa identificar fake news, criado por universitários e divulgado com o apoio do governo, juntamente com informações sobre como identificar notícias falsas por conta própria. Além disso, o Poder Legislativo deve criar uma lei que multe criadores dessas notícias, a fim de reduzir a propagação das mesmas e diminuir as consequências que este ato traz.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!