O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Tema: A vulnerabilidade do idoso no Brasil
José -um senhor de idade- necessitando ir ao mercado, sai de sua casa com seus poucos trocados obtidos através de sua aposentadoria, em seu caminho, calçadas esburacadas, a não presença de passarelas, e também a falta de empatia daqueles que o rodeiam expõem a dificuldade dos idosos de se integrar na sociedade. Paralelamente, nas grandes e pequenas cidades do Brasil tais problemas vigoram, resultando na vulnerabilidade dos mais velhos.
Primeiramente, é necessário citar as dificuldades de locomoção no que tange a acessibilidade e mobilidade para idosos. No Brasil, o baixo investimento por parte do Executivo, muitas vezes, causa um imenso impasse nas tarefas mais corriqueiras, acarretando em um transtorno na locomoção e na saúde de idosos, haja vista que a falta de estrutura ocasiona, às vezes, em quedas ou atropelamentos dessas pessoas. Ademais, o baixo retorno que o serviço de aposentadoria (INSS) traz, acaba ratificando as dificuldades tanto de saúde -na compra de remédios, por exemplo,- quanto nas compras de bens básicos.
Não obstante, a falta de empatia de muitas pessoas acaba corroborando para a vulnerabilidade dos mais experientes. Corriqueiramente, o abandono de idosos ou até mesmo a não ajuda em tarefas básicas acabam causando depressão e o sentimento de solidão na referida faixa, o que dificulta na inserção e corrobora para tal dado do IBGE, que aponta cerca de 30 % dos idosos como vulneráveis no país.
Infere-se portanto que os idosos, no geral, não recebem a devida atenção e acabam se isolando na sociedade. Desse modo, o Executivo, com intuito de solucionar o problema de mobilidade, deve liberar mais verba para a construção de passarelas e para a retificação de calçadas, além disso, a melhor estruturação da previdência deve ser feita, visando o melhor retorno financeiro e por consequência a maior disponibilidade para a compra de remédios e itens básicos. Por fim, a conscientização das pessoas -por meio de palestras ministradas por cuidadores de idosos, financiadas pelas prefeituras,- deve ser feita com o objetivo de demonstrar a realidade que tais idosos vivem. Assim, casos como o de José terão menor ocorrência, ocasionando no melhor bem estar e na queda da vulnerabilidade no período de velhice.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!