O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Tema: O plástico, a poluição e a necessidade do consumo consciente.

Historicamente, o plástico se popularizou, no século XX, por sua flexibilidade, além de ser durável e facilmente descartado ? características positivas para a sociedade de consumo que se formava. Ainda hoje, tal material é amplamente utilizado, de maneira que, inclusive, a produção de plásticos dos últimos dez anos ultrapassou a do século passado. Nesse sentido, o impacto ambiental provocado, no Brasil e no mundo, pelo seu uso desenfreado e pelo descarte incorreto é alarmante, sendo necessário, portanto, reavaliar a cultura de desperdício e cobrar atitudes governamentais mais rígidas.

A Segunda Revolução Industrial, iniciada no século XIX, possibilitou o uso do petróleo para a produção do plástico, além de fomentar o consumo na sociedade. Com efeito, na pós-modernidade, grande parte dos produtos, principalmente embalagens, são produzidos dessa maneira e descartados após o primeiro uso. Todavia, sem a destinação correta, como a reciclagem, o plástico utilizado persiste no meio ambiente e provoca desequilíbrios nos ecossistemas. Sob essa ótica, o documentário "Oceanos de Plástico", lançado em 2016, demonstra que 8 milhões de toneladas chegam aos mares todos os anos ? fato que altera a cadeia alimentar da fauna aquática a pode provocar a extinção de inúmeras espécies. Nesse viés, tal problemática depende da mudança de hábitos sociais, como a redução do consumo e o incentivo à consciência ambiental.

Segundo o filósofo Max Horkheimer, o homem busca incessantemente dominar a natureza através de uma racionalidade instrumental doentia, ainda que a natureza frequentemente revolte-se contra ele. Nesse sentido, é possível perceber que a negligência estatal que permeia a crescente poluição plástica no mundo associa-se a ideia de lucro em detrimento da sustentabilidade. Dessa maneira, o papel governamental é imprescindível para a popularização da reciclagem e, decerto, para pressionar mudanças ambientais de outros países.

Nessa conjuntura, a redução do uso do plástico deve ter a coparticipação dos estados e da sociedade. Cabe ao Ministério da Educação incentivar a educação ambiental nas escolas, através da inserção de aulas sobre redução do consumo e reciclagem, que ensinem de forma contínua a respeitar o meio ambiente. Além disso, o Governo Federal deve introduzir leis eficazes que reduzam o uso do plásticos, a partir de multas à estabelecimentos que produzam lixo plástico em excesso, bem como promover, em parceria com a ONU, sanções a países poluidores. Com estas medidas, será possível reduzir a quantidade de plástico e, assim, promover o cuidado ao meio ambiente.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!