O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Tema: fake News

"Se está na internet é verdade". Essa frase se popularizou nos meios virtuais como uma forma de brincadeira- mais conhecida como "meme". Entretanto, apesar de soar de forma cômica, as pessoas, realmente, creem nisso, abrindo, assim, espaço para as fake news (notícias falsas). Nesse contexto, convém analisar como a falha no sistema educacional, aluada à facilidade em disseminar informações, contribui para a manutenção da problemática.
A princípio, vale ressaltar que o sistema educacional vigente contribui de forma direta para o sucesso de notícias infundadas. Isso porque, segundo o educador Paulo Freire, em sua obra "Pedagogia do Oprimido", a educação deve ser crítica, pois, dessa forma, criará cidadãos contrários à alienação propiciada pelo mundo moderno. Contudo, não é o que se nota nas escolas, as quais insistem em adotar métodos lógicos e lineares, desenvolvendo picos de conhecimentos para as provas em detrimento da assimilação dos conteúdos para a vida. Dessa maneira, depreende-se que a educação vem formando indivíduos reprodutores em vez de críticos, os quais compartilham qualquer coisa sem duvidas ou checas a veracidade.
Há, somado a isso, a questão da velocidade e facilidade em disseminar informações. Em 1937, Getulio Vargas, para outorgar o Estado Novo, criou falsos documentos de um golpe comunista, conhecido como "plano cohen". Não obstante, naquele período, o único meio de se noticiar algo era pelo rádio ou jornais, mas, ainda assim, a notícia tomou proporções nacionais, garantindo seu sucesso. Nesse viés, pode-se afirmar que, atualmente, pós Revolução Tecnológica, a facilidade em se publicar algo e espalhar tornou-se uma tarefa ainda mais fácil, não exige respeito, escolaridade ou realidade de fatos, basta um celular. Por conseguinte, as notícias falsas impactam de forma perversa a sociedade, seja na política, na disseminação do ódio contra grupos específicos, ou, simplesmente, no retrocesso da obtenção de informação.
Infere-se, portanto, que a questão das fake news precisa ser resolvida. De início, cabe ao Ministério da Educação, em parceria aos pedagogos, criar, por via do orçamento estatal anual, uma disciplina que trate sobre é tica e moral nos meios virtuais. Essa matéria deve mostrar a importância de se chegar fatos antes de dissemina-los, com o objetivo de formar cidadãos engajados com as questões sociais. Ademais, o Ministério da Comunicação, em consonância com os grandes jornais, por meio das mídias sociais, deve criar uma central de atendimento que receba denúncias de notícias falsas, para poderem compartilhar em suas páginas contrariando-as, além de fornecer listas diárias sobre informações falsas que estar circulando, com o fito de tornar o que está na internet, de fato, realidade.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!