O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

TEMA: Inclusão digital no Brasil
Com o advento da Revolução Industrial no início do século XVIII, houve uma expansão tecnológica que interligou a maioria das nações do mundo. Tal expansão, contudo, concentra-se nos chamados países desenvolvidos, excluindo regiões de países em desenvolvimento como o Brasil, por exemplo. Nesse contexto, surge a problemática da inclusão digital no Brasil, oriunda de um estado falho nessa área de atuação.
Convém ressaltar, a princípio, que a falta de políticas voltadas a capacitação digital é fundamental para manutenção dessa temática. No Brasil, em meio a crise, percebe-se que algumas pessoas aderiram á internet como um facilitador na busca por um emprego ou, também, na venda de algum produto como forma de renda. Essa ferramenta, porém, é desconhecida por grande parte da população que, em sua grande maioria, não sabe manusear o computador como um instrumento capaz de melhorar sua qualidade de vida. Dessa forma, essas pessoas pouco usufruem da principal função da internet, que é a democratização do conhecimento no campo social e profissional.
Outrossim, a ineficiente banda larga aliada ás poucas melhorias na infraestrutura agravam ainda mais a problemática. Segundo a ONU, em 2015, 84 milhões de brasileiros não possuem acesso á internet, o que equivale a 51% da população do país. Tal dado evoca, de fato, os frágeis mecanismos distribuidores de internet no Brasil, que remonta políticas falhas e inoperantes como, por exemplo, em áreas de difícil acesso que, coincidentemente, são regiões onde há maior desigualdade social, evidenciando o descaso público com os moradores dessas regiões.
Torna-se evidente, portanto, que medidas devem ser tomadas. Cabe ao estado, criar mutirões de educação digital aos finais de semana, com profissionais capacitados ao ensino básico do uso da internet aos interessados, de modo que as ferramentas da tecnologia sejam conhecidas por todos. Ademais, é imperativo que parte da verba pública seja destinada ás regiões sem acesso á internet, como a criação de redes telefônicas, lan houses públicas e outros meios que liguem esses locais ao mundo digital. Assim, criar-se-á uma sociedade mais antenada.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!