O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

No cenário da Guerra Fria notamos um mundo bipolarizado em busca de interesses econômicos e um deles é o desenvolvimento tecnológico. Atualmente,no Brasil, vemos essa inserção ainda mais presente através de jogos elétronicos, que por sua vez, leva muitos brasileiros a se tornarem pessoas viciadas nesses tipos de aparelhos. Portanto, convém analisar algumas consequências para que o combate ao vício seja efetivamente concluído.
Como efeito inicial, é perceptível que a dependência em eletrônicos afeta a educação, pois o indivíduo usa todo seu tempo para se dedicar aos jogos ao invés de se preocupar com a sociedade e o mundo em que vive. O filósofo Karl Marx afirmava que o trabalho tornava as pessoas seres alienados, analisando por outro lado, nota-se que os jogos, através das horas constantes, fazem o mesmo com as pessoas deixando a ausência de posicionamento político progredir. Embora o governo torne o voto obrigatório para ter uma maior participação política, certamente, isso não é o suficiente para que essa população participe do ambiente social, logo, outras medidas devem ser tomadas.
É importante destacar, ainda, que o vício gera um certo isolamento por parte do indivíduo, contudo a falta de convívio social pode afetar, consideravelmente, sua mentalidade a ponto de ser intolerante em relação a outras culturas, povos ou até mesmo gênero . Além disso, faz-se presente o machismo que ao longo do tempo gera o feminicidio, como exemplo o caso da advogada Tatiane Spitzner que sofreu várias agressões e morreu após ser lançada do prédio pelo marido . Assim como os meios de comunicação influênciam as pessoas, os jogos também podem através de conteúdos que é dever da sociedade terer acesso. Por isso, é inadmissível que o problema continue e fica claro que é necessário combater o vício, já que essas atitudes ferem a constituição da ONU.
Para Marx a alienação era uma forma de distanciar o indivíduo do mundo, logo, é necessário que o governo diminua o número de pessoas viciadas, por meio de cursos com aulas especiais que procurem falar sobre o tema aos jogadores promovendo discussões que envolvam problemas socias. Além disso, quando crianças ou jovens os pais deveriam ser obrigados a irem até a instituição uma vez por mês para serem orientados da melhor maneira possível. Também é indispensável a produção de campanhas que mostrem a real importância da sociedade em se interagir com essas pessoas. Espera-se, com isso, que o vício relacionados aos jogos seja combatido de forma eficiente, contrariando a dependência tecnológica iniciada na bipolarização do mundo.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!