O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Reaparecimento de doenças erradicadas no Brasil
Fake News: Como as redes sociais estão ameaçando a saúde dos brasileiros.
Várias doenças foram erradicadas do Brasil ao longo dos anos, principalmente por conta da disponibilização às vacinas no SUS (Sistema Único de Saúde) para toda a população, no entanto o surgimento de movimentos anti-vacina, a chegada de imigrantes infectados e a negligência do governo em relação à campanhas de vacinação tem ameaçado a saúde pública do país.
Os movimentos anti-vacina existem nos Estados Unidos e na Europa há alguns anos e ganhou adeptos no Brasil pelas redes sociais, nas quais textos bem articulados e de fontes duvidosas são compartilhados para milhões de pessoas, entre elas pais e responsáveis por crianças que ao ler relatos dos supostos "malefícios" optam por não levar seus filhos e crianças aos postos de saúde para serem imunizados, o que tem resultando em parte da população desprotegida e a mercê de doenças gravíssimas.
Além disso, essa população tem entrado em contato com imigrantes refugiados vindos de países em crise na saúde e em outros setores, muitas vezes trazendo consigo vários tipos de patógenos, resultando em surtos não vistos desde o começo dos anos 2000 em território brasileiro, o que tem ocorrido no Norte, onde os casos de sarampo só aumentam e chegam rapidamente às outras regiões do país.
Uma diminuição brusca no investimento de campanhas de vacinação, por parte do governo nos últimos anos, acarretou no cenário atual em que se tornou comum o caso de crianças e adultos com o cartão de vacinação incompleto, assim a informação que as pessoas estão sendo expostas constantemente são as encontradas em sites e fontes não confiáveis que promovem falta dela.
Por tudo isso, atualmente a saúde tem sido comprometida, o que poderia ser evitado se os usuários das redes sociais buscassem a veracidade das informações compartilhadas, pesquisando em fontes confiáveis e comprovadas cientificamente ou procurando um profissional da saúde em uma UBS (Unidade Básica de Saúde), além do retorno das campanhas de vacinação do governo nas emissoras de televisão e em cartazes na cidade, trazendo assim conscientização dos prejuízos causados à sociedade se não se imunizarem, como o aumento da mortalidade infantil, assim as doenças erradicadas deixariam de retornar à nossa realidade.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!