O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Tema: Movimento emigratório de jovens brasileiros

Uma nova canção nacionalista
Com apenas 20 anos de idade, o poeta romântico Gonçalves Dias compôs, no século XIX, a "Canção do exílio", expressão do sentimento nacionalista de retorno à pátria amada. Caso o poeta vivesse no Brasil atual, dificilmente rogaria a Deus para que não morresse antes de voltar aos trópicos. Hoje, grande parcela de jovens desanimados com as perspectivas econômicas e políticas querem construir uma vida fora do país. Com efeito, há a fuga de capital intelectual que alimenta, assim, o desenvolvimento de outros países e levam o Brasil a se afundar cada vez mais na problemática da emigração.
Segundo pesquisa Datafolha, a maioria dos jovens brasileiros ? entre 16 a 24 anos ? querem abandonar as palmeiras e os sabiás, em nome do sucesso que raramente encontram cá, mas é abundante lá. Por esse panorama, deve-se reconhecer que o país deve avançar no que tange a educação e emprego. Pois verifica-se que grande parcela das pessoas que decidem sair do país são qualificadas profissionalmente ou portadoras de curso superior e que vão em busca de oportunidades, segurança na construção de uma família bem como ter uma aposentadoria tranquila ? esta última que no Brasil já é insatisfação majoritária.
Nesse contexto, verifica-se um grande fuga de capital intelectual que poderia estar contribuindo no crescimento do país mas que por questões de desemprego e falta de responsabilidade dos governantes, acabam encontrando essa saída para os seus cérebros. O Brasil já teve programas de capacitação de sucesso como o ?? Ciência sem Fronteiras?? em que estudantes de curso superior podiam fazer intercâmbios científicos em outros países. Porém, apenas a capacitação não foi a solução do problema, uma vez que o Brasil não se preparou para absorver esses profissionais. Dessa forma, muitos profissionais após formados e já ambientados com a outra cultura acabaram voltando aos países do intercâmbio para construir uma carreira mais sólida.
Fica evidente, portanto, que os grandes problemas das instabilidades econômicas e políticas que causam o êxodo juvenil são o desemprego e os representantes de governo, respectivamente. Por isso, o Governo Federal junto ao Ministério da Educação e Ministério do Trabalho deve elaborar um plano de educação superior com absorção eficaz dos profissionais em período de conclusão de curso. Isso deve ser feito autorizando a abertura apenas de faculdades que realmente possam lecionar com total qualidade. Além disso, criar leis de cotas de ingresso no serviço público e parcerias privadas para os estudantes nos últimos períodos de seus cursos. Dessa maneira, o Estado estará dando perspectiva de futuro para os jovens e também os preparando para que possam ser bons representantes conhecedores da máquina pública. Quem sabe no futuro, um novo poeta romântico não escreva a "Canção do êxito"? Deve-se acreditar.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!