O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A campanha de vacinação, no ano de 1904, comandada pelo médico sanitarista Oswaldo Cruz era uma excelente alternativa para o combate da varíola. Entretanto, o modo que foi usado para abordar a vacinação naquele período não foi adequado, visto que obrigar a população a se proteger de uma doença sem deixar explícito a função da vacina causou um grande caos. Dessa forma, nos dias atuais, a sociedade da informação possui o conhecimento básico sobre a questão da imunização por meio da vacina. Todavia, a sociedade brasileira está deixando de se vacinar cada vez mais e por isso, esse problema está se expandindo, causando sérios danos para o tecido social.
Em primeiro plano, pode-se evidenciar que, muita vezes, os indivíduos se preocupam em se protegerem de determinadas doenças quando surge algum surto patológico. Nesse sentido, um exemplo que demonstra essa situação é a poliomelite, doença erradicada que atinge crianças e deixa sequelas motoras, que pode voltar a tona caso a população não procure imunizar os pequeninos. Desse modo, quando um indivíduo não se imuniza contra o vírus, abre espaço para que os organismo acelulares causadores das doenças se hospedem e concluam seu ciclo reprodutor. Assim, a sociedade necessita ser mobilizada a adquirir o hábito da vacinação por meio de ações sociais.
Com efeito, doenças erradicadas como, a rubéola, o sarampo e a poliomelite podem voltar a perpetuar a sociedade brasileira. Também, é necessário ressaltar que as vacinas de febre amarela e H1N1 são procuradas nos postos quando há um aumento dos casos dessas doenças. Logo, com essa calamitosa situação, a ex-colônia de Portugal retomará o drama vivenciada no início do século XX, ou seja, estará em um caos patológico extremo.
Portanto, a sociedade brasileira precisa ser mobilizada quanto à importância da vacinação. Cabe ao Ministério da Educação juntamente com o Ministério da Saúde instaurar nas escolas o projeto "Vacina: Sinônimo de Imunização", esse deve ser realizado uma vez por semana no período noturno, por intermédio de ONG's, com atividades dinâmicas e oficinas que enfoquem na passagem do conhecimento para as famílias, crianças e adolescentes sobre os benefícios da vacinação e a exemplificação do intuito de cada vacina. Assim, o Brasil estará distante de retroceder para situações do passado.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!