O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Mensagem para o corretor: os parágrafos não estão ficando certos (com os espaços devidos no inicio) quando a redação fica salva no site!

Capitães de Areia da modernidade
Jovens que moram nas ruas, uma espécie de "Capitães de Areia" do mundo real, expressão dada pelo modernista Jorge amado, esses por não terem aconchego de uma família se veem obrigados à prática do crime para sobreviverem.Entretanto,no Brasil , cabe analisar as consequências que uma redução da maioridade iria causar na sociedade, seja agravando a segurança pública,seja, também, os motivos que levam os adolescentes a praticar ações fora da lei tão cedo no país.
Em primeiro plano, vale ressaltar que a violência no país pode se agravar.Nesse contexto, como foi comprovado no Massacre do Carandiru, o Brasil não possui políticas de reintegração do jovem pós-prissão,o que leva os adolescentes a retornarem as suas antigas práticas ainda piores.Contrário a isso, o homem injustiçado ao ser guiado pelo seus instintos e não pela sua razão,clama por justiça, pedindo a redução da maioridade.Nessa conjuctura,o filósofo Rousseau explica na teoria do bom-selvagem que, sem a intervenção das normas sociais, o homem se comportaria como um animal.Desse modo, a redução da maioridade penal acarretaria a graves problemas como a superlotação nos presídios,por conseguinte, resultaria em um aumento de rebeliôes nas cadeias no país.
Além do mais, é cabível destacar alguns motivos que levam um adolescente a cometer um crime.Nesse sentido, são chamados não apenas os fatores intrísecos - biológicos, genéticos e psicológicos ,como, também os fatores extrísecos - família,os amigos, e a desigualdade social.Tristemente,ao se tratar das diferenças sociais, a maioria dos jovens se veem forçados à prática do crime devido à falta de necessidades básicas para viver que são garantidas pela Constituição Federal de 1998.Dessa forma, as infrações cometidos por adolescentes devem ser encarados como um sinal da restrição de acesso aos direitos fundamentais,e não apenas como um assunto de segurança pública, uma vez que o problema da violência no Brasil poderá ser agravado.
Torna-se evidente,portanto, a necessidade de tratar os adolescentes criminosos,para não ser preciso ter preocupações com os efeitos causados da redução da maioridade.Para isso, o Ministério da Justiça deve aperfeiçoar Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) de acordo com o modelo de Justiça Juvenil, conforme os padrôes já incorporados, com o objetivo de recuperar esses jovens tratando fatores intrísecos e extrísecos, por meio de orientações de psicólogos a fim de que só assim sejam reintegrados na sociedade.Ademais, é preciso que o (MJ) passe direitos fundamentais às pessoas carentes por meio de projetos de inclusão nas comunidades para que sejam respeitados a cidadania e a justiça .Dessa maneira, os jovens que buscam o crime por falta de alternativas terão mais dignidade e deixarão de ser Capitâes de Areia da modernidade.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!