O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Com o avanço dos meios de comunicação no cenário mundial, o fenômeno das Fake News ficou conhecido em diversas localidades e mostrou ser uma iminente ameaça para a veracidade dos acontecimentos relevantes na sociedade, visto que tem como aliadas a democratização da internet e a consolidação dos interesses de grupos políticos.
Desde que a ideia de imprensa surgiu com Gutenberg, a propagação de notícias falsas ganhou espaço até os tempos atuais, com a virtualização da mídia. Nesse sentido, as redes sociais funcionam como meios eficientes para a divulgação das Fake News, uma vez que é crescente o número de usuários nessas redes, os quais acessam páginas desconhecidas e compartilham qualquer tipo de informação que aparece em seus perfis. Além disso, por se tratar de um enorme sistema de uso, os responsáveis por tais ações criminosas escondem-se atrás das telas dos computadores e dos perfis falsos, o que dificulta a identificação dessas pessoas. Desse modo, inicia-se no meio digital discussões sobre questões polêmicas e que podem ocasionar manifestações sociais e problemas diplomáticos entre nações.
Convém ressaltar que as Fake News tiveram grande repercussão em 2016, ano no qual ocorreram as eleições presidenciais norte-americanas. Para a surpresa da população mundial, o candidato Donald Trump foi eleito, contrariando as pesquisas divulgadas pela imprensa. Da mesma forma, a disseminação de notícias falsas representa um empecilho em 2018, haja vista os conflitos na Síria, as tensões entre EUA e Coreia do Norte, bem como as eleições que aconteceram ou acontecerão em países como Venezuela, México e Brasil. Esses casos contam com a possibilidade das Fake News funcionarem como escudo de uma elite corrupta e desonesta que busca o poder político através da manipulação das massas.
A difusão das Fake News, em suma, tornou-se um desafio do século XXI que atinge, em segundos, diferentes partes do globo. Diante disso, as agências de inteligência e segurança espalhadas pelo planeta precisam, juntamente com os governos nacionais, intensificar a segurança virtual da população, para que, através de um sistema de monitoramento eletrônico, os processos de eleições e reuniões internacionais possam ocorrer sem polêmicas. Cabe aos proprietários das redes sociais atualizar os termos de uso por meio da maior rigidez na política de identificação e controle dos usuários, para que os criminosos sejam punidos pelos atos inadequados. É papel da mídia e da população não divulgar ou acreditar em qualquer conteúdo disponível na internet e diversificar as fontes de pesquisa para validar as informações. Assim, as Fake News não terão chances de prosperar na era da modernidade e da tecnologia.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!