O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

A expectativa de vida brasileira aumentou nas últimas décadas. Entretanto, a valorização do idoso nem sempre acontece. O preconceito e o desprezo para com essas pessoas cresceu. Nesse sentido, priorizar a educação e o cumprimento das leis torna-se de suma importância para a resolução desses empasses.
Efetivamente, amplia-se o número de idosos e com isso a complexividade para que essas pessoas continuem no mercado de trabalho ou exerçam as atividades aos quais estão habituados. Apesar de o código civil proibir praticas descriminatórias para a admissão ou permanência no emprego é notório o desprezo com indivíduos de idades mais avançadas. Fica evidente, que há na sociedade preconceito com essa grande parte da população.
Nesse contexto, pode-se observar o declínio na valorização dos idosos. Porém, na antiguidade clássica os mesmos eram considerados fontes de sabedoria por já terem muitos anos de experiência. Assim como, na atualidade temos as leis defendidas pelo estatuto do idoso para assegurar que essas pessoas merecem respeito e tratamento igualitário.
Desse modo, o governo fiscalizar e punir com severidade quem descumprir as leis ajuda a manter a integridade social. Todavia, priorizar investimentos na educação trás a garantia de um país mais justo, desenvolvido e com menores práticas preconceituosas, pois, já dizia Nelson Mandela - "A educação é a arma mais importante que se pode usar para mudar o mundo".
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!