O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Tema: Sistema carcerário brasileiro - problemas e soluções
https://guiadoestudante.abril.com.br/blog/redacao-para-o-enem-e-vestibular/nova-proposta-de-redacao-problemas-do-sistema-carcerario/

O sistema carcerário possui como objetivo punir, corrigir e ressocializar aquele que cometeu um crime. Entretanto, no Brasil, isso não acontece. Sabe-se que a superlotação e a infraestrutura precária dos presídios brasileiros apenas punem os detentos, impedindo a correção e a ressocialização dos mesmo, o que justifica o elevado índice de reincidência criminal vivenciado no país.
A superlotação é o principal problema das cadeias brasileiras. Em primeiro lugar, tem-se os detentos não condenados, representando cerca de 40% da população carcerária, que, em sua maioria, quando julgados, não são mantidos presos em regime fechado. Porém, a morosidade dos juízes e a falta de defensoria pública impedem que esses indivíduos adquiram liberdade rapidamente. Além disso, usuários de drogas são, muitas vezes, detidos por tráfico. Nesses casos, geralmente, as únicas testemunhas são os policiais que efetuaram as prisões e, a falha na identificação e no julgamento levam um dependente químico ao encarceramento por venda de drogas, saturando as celas. Por sua vez, a superlotação gera más condições de vida e, consequentemente, revolta nos detentos brasileiros.
Adicionalmente, a precariedade dos presídios do país colocam em condições desumanas o prisioneiro brasileiro. Como exemplo, tem-se a falta de alimentação, água potável e higiene. Nesses ambientes, a desnutrição e a proliferação de doenças são frequentes, tal como a tuberculose, enfermidade comumente enfrentada pelos detentos. Dessa forma, nota-se que o meio carcerário do Brasil eleva a punição à quebra dos direitos humanos, o que, evidentemente, desacorda com os objetivos de correção e ressocialização do sistema.
Torna-se evidente, portanto, a necessidade de correção da estrutura prisional brasileira. Para isso, mutirões de juízes e defensores podem ser realizados com o intuito de acelerar os processos em andamento. Também, a Lei dos Tóxicos e o treinamento dos policiais devem ser revistos para que a identificação de usuário e traficante seja coerente com a realidade. Ademais, cabe ao Governo fornecer condições mínimas de sobrevivência aos presidiários. Dessa forma, as taxas de reincidência criminal serão refreadas no Brasil.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!