O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

É notório que a questão das drogas ilícitas no Brasil traz
divergências de opiniões, dentre tantos motivos relevantes,
podemos destacar não só os gastos exorbitantes dos governos
com à saúde pública devido o uso de entorpecentes, como
também, o círculo vicioso do narcotráfico que afeta todas
as parcelas da sociedade e está diretamente ligado diretamente
ao aumento da violência no Brasil e no mundo.
De acordo com o Ministério da Saúde, os gastos do SUS com
dependentes químicos, entre 2006 e 2016, chegam a R$ 9 bilhões. O dinheiro
é usado principalmente no tratamento dos doentes, que na grande maioria
dos casos é realizado em clinicas especializadas em reabilitar pessoas
com dependência psicológica. Nos casos que resultam em mortes, 50%
dos óbitos é decorrente de overdose, o restante é dividido entre doenças
oportunistas, HIV, Hepatites e Tuberculose.
Além disso, o tráfico de drogas é o principal responsável pelo aumento
da criminalidade nos centros urbanos. As relações do tráfico com o crime
se dão em decorrência da motivação financeira, assim como da coação e
do vicio. Um dos fatores que alimentam o narcotráfico é a necessidade dos
dependentes com o consumo da droga. Assim, quando não possuem condições
financeiras para adquiri-las passam a praticar delitos e até mesmo prestar
serviços ao tráfico.
Fica evidente, portanto, que a problemática das drogas no Brasil, além de
ser um caso de segurança, é também, um problema de saúde pública. É importante
que o governo federal atue com afinco no combate as drogas, através do monitoramento
das fronteiras do país, principalmente em conjunto com países adjacentes, devido o
território brasileiro possuir mais de 15 mil km de fronteiras. Somado a isso, é fundamental
que o Ministério da Educação, por meio das escolas, desenvolva programas de controle aos
narcóticos, para que a sociedade tenha noção e conhecimento dos malefícios que as drogas
causam.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!