O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

Tema: Deficientes físicos

Segundo Hitler, tempos de guerra são os melhores momentos para se eliminar os doentes incuráveis. Nesse sentido, prooagou-se aos regimes totalitários a necessidade de extermínio dessa população. No Brasil, o deficiente era visto como inválido e indesejado na sociedade até a Constituição de 88, que estabeleceu direitos a esses indivíduos. Entretanto, mesmo com a vigoração do Estatuto da Pessoa com deficiência, observa-se a carência da aplicação dos Direitos e a imposição do capitalismo no que tange a validade humana.
É indubitável que a capitalização humana esteja entre as causas do problema. De acordo com Charles Darwin, o ambiente atua selecionando os mais aptos à sobrevivência. De maneira análoga, é notória a intrínseca relação entre o mercado global e a validez humana. Nesse cenário, a Seleção é feita, de modo que, somente indivíduos capazes de produzir em alta escala sejam favorecidos, haja vista que, os deficientes físicos são portadores de inúmeras limitações, além de retardarem, em teoria, o processo de produção devido a deficiência que lhes foi acometida. Desse modo, evidencia-se a importância da inclusão desses indivíduos nas empresas como forma de combate à problemática.
Outrossim, destaca-se o descumprimento dos Direitos Humanos como impulsionador da carência de respeito ao deficiente. Segundo a Constituição, todo indivíduo tem direito à liberdade de locomoção e de socialização. Paralelo aos dias atuais, observa-se a insuficiência do respeito tanto por parte do Governo, como também da população. Dessa forma, é notória a inviabilização da locomoção desses indivíduos nas ruas, uma vez que, faltam rampas e ônibus específicos. Além disso, a população, na maioria das vezes, não é capaz de inserir o debilitado na sociedade, pois utilizam a dificuldade dele como desculpa para exclusão. Assim, a deficiente socialização entre indivíduos e a dificuldade na efetivação dos Direitos do Homem agravam esse problema.
Entende-se, portanto, que a falta de respeito é fruto da violação dos Direitos do Cidadão e intensa Seleção realizada pelo sistema capitalista. A fim de atenuar o problema, o Governo Federal deve viabilizar a locomoção desses indivíduos, através da construção de rampas e transporte público adequado, ouvindo os afetados, proporcionando a realização desse projeto nos locais mais necessitados, promovendo a circulação como direito garantido ao homem na Constituição. Além disso, deve-se aplicar campanhas de abrangência nacional junto às emissoras abertas de televisão como forma de estímulo a inclusão desses indivíduos em salas de aula e empresas, promovendo, a diminuição da seleção da sociedade atual. Dessa forma, os legados da máxima de Hitler serão destruídos em nossa comunidade.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!