O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema livre

No período colonial, a sociedade brasileira tinha grande influência da igreja católica e assim foi imposto alguns dogmas, entre eles o do casamento patriarcal em que a mulher é submissa ao marido. E assim, reflexos desse pensamento são vistos na sociedade até hoje por razões históricas e hierárquicas.
Com a globalização Mundial, as mulheres ganharam mais espaço na sociedade, ocupando cargos importantes em empresas e na política. Porém, são uma das principais vítimas de desrespeitos. Segundo a pesquisa realizada pela organização internacional de combate a pobreza, 86% das mulheres brasileiras já sofreram assédio sexual ou moral. Contudo, mesmo com dados tão alarmantes uma grande parte da população, pelos valores trazidos do período colonial, afirma que as mulheres são culpadas pelo assédio sofrido, pois em muitas vezes estão com roupas e atitudes inaceitáveis.
Cabe ressaltar, que além do assédio nas ruas, ocorre também no ambiente de trabalho. Funcionários em escalas hierárquicas mais baixas são submetidos a constrangimentos, pressões psicológicas, horas excessivas de trabalho e até mesmo a ameaças para manter relações sexuais em troca de permanência no emprego. Por conseguinte, o que para o agressor pode ser um ato normal, para a vítima é um trauma que ela levará para vida inteira e por medo muitas acabam deixando de denucia-los.
Portanto, medidas são necessárias para resolver esse impasse. É muito importante o combate ao assédio para se ter uma sociedade justa. Sendo assim, cabe ao poder legislativo sancionar leis mais rigorosas que abrange todo tipo de assédio e a disponibilização de psicólogos nas delegacias para tratar a saúde mental das vítimas. Ainda cabe ao ministério da educação a disponibilização de palestras, com pedagogos e vítimas de assédio, para conscientizar os jovens desse ato. Aos demais, cabe a mídia divulgar nas propaganda publicitárias a divulgação da lei que criminalize todo tipo de assédio e o apoio para que ele seja denunciado.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!