O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema ENEM 2015

A violência contra a mulher é uma cultura antiga proveniente do patriarcado onde os homens tinham o direito de corrigir suas esposas com castigos. Contudo, essa visão assombra até o presente momento, milhares de mulheres pelo Brasil sofrem com a violência doméstica, e isso deve acabar com políticas de informação à população sobre o assunto, instruindo o certo e o errado.
A forma que os meios de comunicação abordam o assunto não é a maneira mais eficiente para acabar com o problema. Hoje se fala muito em como denunciar o abuso ou então maneiras de se defender, porém, conseguirá nada além da remediação deste mal. Diante disso, o jeito de acabar com essa cultura de uma vez é mostrar para os homens que não se deve subjugar sua companheira, e sim dialogar para um melhor relacionamento. Esse pensamento de agregar conhecimento do que é justo ao ignorante era dito por Sócrates "Quem sabe o que é correto acaba também fazendo a coisa certa". Dessa forma fica claro, que o diálogo e o conhecimento do que não sabe, é um dos caminhos para acabar com a violência contra à mulher e mesmo que o problema persista, ele não sobreviverá por muito tempo, já que a civilização humana progride sempre para liberdade e a compreensão uns com os outros.
Desde o começo da civilização até agora, houve uma grande mudança a liberdade de expressão principalmente falando sobre as mulheres. Até a época medieval a sociedade era muito violenta, e não se respeitava quase nada os direitos humanos da mulher, e por isso elas eram tratadas com violência e objetos de troca por suas famílias. Contudo, a partir do renascentismo cultural o planeta se tornou mais racional e foi progredindo aos poucos para um corpo social mais justo e com os privilégios pessoais garantidos à população. Isso é explicado pelo filósofo Friedrich Hegel, onde ele afirmava que a história da humanidade sempre segue em direção à liberdade e um mundo justo, e isso se aplica as mulheres. Dessa maneira, é inevitável que em um futuro não muito distante, as mulheres não sofrerão violências domésticas.
Isto posto, deve-se ter uma informatização da mídia sobre como agir corretamente com a companheira e repudiar ações agressivas em jornais, revistas, novelas. O governo deve fornecer palestras com certificado sobre como agir com o companheiro, tanto para homens quanto para mulheres. O mais importante, é na educação, pois, jovens são mais suscetíveis as novas ideias, e por isso as escolas devem passar trabalhos e feiras culturais sobre assunto, para que os estudantes desenvolvam sobre a problemática. Desta maneira, se vê como é importante o conhecimento sobre o que o certo e o errado, e só assim acabará com a violência gratuita contra a mulher.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!