use o cupom aprovado21 e ganhe + 21% de desconto extra 21% OFF

Tema ENEM 2009

 Na sociedade pós-moderna, muitos temas são silenciados para que estruturas de poder sejam mantidas. Desse modo, a síntese do pensamento do filósofo FRANCÊS MICHAEL FOCAULT pode representar facilmente a situação do indivíduo frente à ética nacional, já que justamente a lacuna em torno dessa situação que a naturaliza enquanto problema em uma sociedade que se enrijece a partir da cristalização dos espaços de poder. Nesse sentido, essa vicissitude tem como origem inegável a mentalidade capitalista. Assim, entre os fatores que contribuem para sustentar tal realidade, estão a falibilidade educacional e a superficialidade midiática acerca do tema.


 Em primeiro plano, é importante notar que a falibilidade educacional dificultam as relações éticas entre os indivíduos, bem como obstaculiza seu processo de aprendizagem. Segundo Nelson Mandela "A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo". Dessa forma, o ex-presidente da África do Sul faz alusão ao importante papel da educação como mecanismo de mudança na sociedade. Nessa perspectiva, o modelo pedagógico brasileiro objetiva-se apenas na transmissão de conteúdos, não se preocupando com a discussão de problemas sociais como a falta de ética dos indivíduos, que estão presentes no cotidiano brasileiro, contrariando a citação do ex-presidente, uma vez que a educação deixa de ser usada como ferramenta de mudança social.


 Além disso, consoante Zygmunt Bauman que, com toda sua sobriedade e percepção pós-moderna, afirmou que " Na era da informação a invisibilidade é equivalente à morte". Logo, a compreensão dessa análise passa pelo jargão social: "quem não é visto, não é lembrado". Dessa forma, a mídia, a partir de um comportamento interesseiro, não divulga conteúdos, situações e grupos sociais que não engajam e geram relevância lucrativa e, aos poucos, a sociedade também não os  percebem. Ademais, essa conjuntura pode ser observada na dificuldade ética afrontada pelo sujeito perante o corpo social, já que com a pouca divulgação por parte da mídia é um problema pouco abordado no país.


Mediante o exposto, é importante notar que o poscionamento negativo do indivíduo frente a ética nacional é fruto inegável da mentalidade captalista. Para solucionar essa problemática o Governo Federal deve criar o Plano Nacional da Ética que, em parceria com o Ministério de Educação, proponha ao Congresso a elaboração de leis que incluam na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), de nível fundamental ao médio, matérias de ética e moral, bem como seus efeitos para com o corpo social, devido a que, desde cedo os indivíduos adquiram conhecimento necessário para um bom convívio social. Além do mais, cabe também ao ,Governo Federal, em parceria com o Ministério da Comunicação, por meio das principais emissoras de TV aberta tais como Rede Globo, Rede Record, SBT, Bandeirantes, a criação de campanhas de conscientização, utilizando-se de atores famosos e bem aceitos pela sociedade como Lázaro Ramos, Marina Xavier, Tiago Abravanel. Enfim, isso em razão de que a mídia abrange uma vasta quantidade de pessoas de todas as classes sociais, como também tem grande poder de influência sobre elas de maneira que temas não sejam mais silenciados e as estruturas de poderio não sejam mais mantidas, contrariando o pensamento do filósofo MICHEL FOCAULT.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!