O desconto do plano APROVADO EM 2021 termina em: dias horas minutos segundos

Tema ENEM 2009

Percebe-se que, no Brasil, a ausência da ética é um imbróglio muito presente. Nesse contexto, é imperioso analisar as consequências dessa questão. Desse modo, dois fatores fazem-se relevantes: o descompromisso e o conformismo da sociedade.
Em primeiro lugar, segundo o filósofo Durkheim, o fato social é uma maneira coletiva de pensar e agir, dotada de exterioridade, coercitividade e generosidade. Diante desse nexo, observa-se que a ausência da ética é o reflexo do descompromisso da sociedade com o fato social, haja vista que a desonestidade, corrupção e hipocrisia, por exemplo, estão enraizadas, tanto no Estado quanto no povo governado por ele, dessa forma, assolando a moral e a dignidade da nação brasileira.
Ademais, conforme a escritora Clarice Lispector, o mais importante é o dinamismo, pois apenas o que está morto não muda. Perante essa ótica, verifica-se que a antiética está ascendente devido o conformismo da população ante essa conjuntura, uma vez que os indivíduos não buscam mudar suas más atitudes e não se indignam na presença do mau-caráter social. Nesse sentido, não há dinamismo e nem mudanças e, por conseguinte, a comunidade permanece morta na sua barbárie.
Em face do exposto, intentando a ética nacional, consoante o pensador Auguste Comte, é preciso saber prever a fim de prover. Assim, o Ministério da Educação e o Ministério da Cultura devem realizar campanhas e projetos que visam alertar os cidadãos acerca dos malefícios que a antiética gera, além de motivar a substituição do mau-caratismo pelas boas ações, por meio de políticas públicas, aulas educativas que impelem o contrato social defendido por Rousseau e dos veículos midiáticos, com intuito de promoverem a solidariedade no país e sensibilizarem o coração das pessoas como um todo.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!