O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema ENEM 2003

   No universo da triologia Jogos Vorazes, a população pobre de Panem, oprimida há décadas após a revolução contra a Capital, é forçada a selecionar jovens anualmente para lutarem entre si em uma arena até que sobre apenas um, de modo que a raiva em relação às dificuldades se disperse entre eles. Paralelamente, na realidade brasileira, a histórica violência observada, fruto da desigualdade de classes, se manifesta entre os membros da parcela mais desfavorecida dos sociedade. Nesse sentido, cabe a análise das principais causas, consequências e possíveis soluções para o problema.


   Primeiro, é importante frizar que a nação brasileira se desenvolveu utlizando como alicerce a exploração das desigualdades na sociedade. Assim, já no início da ocupação das terras do Novo Mundo pelos portuguêses, pessoas foram trazidas de diferentes lugares da África para serem escravizadas, sendo condenadas a transmitirem esse legado a seus descendentes por gerações. Além disso, posteriormente, a camada mais pobre da população serviu como ferramenta política e de trabalho, a exemplo da época na qual os grandes cafeicultores forçavam seus funcionários a votarem no candidato que viria a favorecer a classe dominante, período conhecido como república oligárquica. Desse modo, é evidente que mesmo após o fim da escravidão a elite do país se mantém em posição de opressora do povo.


   Por conseguinte, as periferias das grandes cidades, refúgios para os marginalizados, se tornaram o reduto da violência - a "arena" da classe trabalhadora - na medida em que o Estado se faz ausente e as adversidades impulsionadas pela desigualdade social fazem com que muitas pessoas recorram à criminalidade como forma de contornar as dificuldades do desemprego, da fome, da falta de lazer,  educação e outras. Nesse contexto, o Brasil é o país cujos policias, normalmente moradores de bairros pobres, mais matam e morrem no mundo, fato refletido, segundo o portal de notícias G1, nas 12 crianças assassinadas por militares nas favelas cariocas em 2020. Dessa forma, é fácil perceber aonde a raiva do povo se dispersa.


   Dessarte, urge que algo seja feito para atenuar o exposto. Para tanto, o Governo Federal deve trabalhar em conjunto das secretarias de cultura, melhorando a qualidade de vida nas periferias por meio da redução de impostos na compra de alimentos, promoção de lazer gratuito nas comunidades com parques, cinemas, teatros e atividades esportivas e investindo de forma maciça em educação e geração de empregos, a fim de que, objetivando reduzir as desigualdades de oportunidades, não nos tornemos a Panem brasileira.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!