O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Tema ENEM 2000

   O advento da Revolução Indutrial gerou uma série de mudanças na organização social. Dentre elas, está o fato de que crianças e adolescentes passaram a ocupar cargos operários que os colocavam em posições de perigo e sobre intensa carga horária, o que os privava do desenvolvimeto social. De modo análogo, a sociedade atual ainda visualiza resquícios do descaso quanto ao desenvolvimento infantojuvenil, apoiados e regidos por problemáticas como a privatização do acesso à educação e o desamparo àqueles que não possuem moradia.


   Em primeiro lugar, vale destacar que a educação é um quesito "chave" para a promoção social. Nessa ideia e sob a pespectiva filosófica de Pitágoras, é necessário que crianças sejam educadas para evitar a prisão dos homens. Nessa lógica, a Constituição Federal brasileira garante, em seu artigo 205, o direito à educação e a incumbência do Estado e da família para sua promoção. Conquanto, o fenômeno da educação retém-se às camadas mais favorecidas da sociedade e fica distante das crianças e adolescentes que não possuem acesso ao viés educacional.


   Em segundo lugar, cabe salientar que muitos enxergam nas ruas a "solução" para os problemas sociais. Nesse âmbito, a telenovela "Chiquititas" aborda, dentre outras personagens, a figura de "Mosca", garoto que teve que sobreviver nas ruas de São Paulo e inúmeras dificuldades. Ademais, foi no orfanato que o menino encotrou um amparo familiar e comunitário que o permitiu deixar as ruas. Desse modo, visuzaliza-se a importância das instituições de acolhimento social para promover os direitos básicos de crianças e adolescentes na mesma situação.


   Em suma, é mister que políticas sejam criadas para solucionar tal problemática. Logo, urge que o Governo Federal realize investimentos no setor educacional para garantir os direitos constitucionais e permitir que toda e qualquer criança ou adolescente tenha acesso à escola. Ainda, é necessária maior articulação entre os Conselhos Tutelares municipais e o Estado com o intuito de promover ações concretas que objetivem a promoção do acesso à convivência familiar e comunitária àqueles que não possuem amparo. Por fim, será possível garantir um maior desenvolvimento social de crianças e adolescentes e diferenciar-se veementemente do quadro instituído com a Revolução Industrial. 


 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!