ENTRAR NA PLATAFORMA
Telenovelas brasileiras como influência social
Herdeira dos folhetins, a telenovela nada mais é do que a versão eletrônica deste gênero literário, que surgiu, no século XIX, para dar conta da demanda por entretenimento do povo. Enquanto cultura de massa, o sucesso da telenovela brasileira se encontra relacionado à proximidade do cotidiano do receptor e da ?linguagem comum?. Percebe-se que, de uma maneira geral, os roteiros podem falar com todas as camadas da sociedade, não privilegiando uma ou outra.
Como as novelas retratam as situações do cotidiano, elas prendem a atenção de quem assiste, gerando um forte sentimento de identificação no telespectador. A novela passa uma imagem segmentada da realidade: a dualidade entre o bem e mal na representação do mocinho e bandido e a retratação de uma camada social muito elevada em comparação com a maioria da população brasileira. As pessoas se aproximam tanto daquela falsa verdade mostrada, que a volta para a realidade pode gerar prejuízos, como a baixa autoestima. É preciso reforçar para quem assiste que as telenovelas são apenas ficção.
Também é notório que as novelas ditam a moda, mas há ainda a questão comportamental que pode sofrer influência. Dependendo do público que está assistindo, os gestos e ações também são copiados, já que um artista, que é visto como um ídolo, tem a facilidade de passar seu comportamento como o ideal. Os objetivos comerciais de venda de produtos divulgados pelas novelas também geram aspectos preocupantes. O estímulo ao consumo, ao ter algo que é imposto, afeta à todos. Para o público adolescente a publicidade atinge no sentido de formação de identidade e criação de uma personalidade. Já para as crianças, é notável o estímulo à criação do desejo momentâneo do ter.
A partir dos pontos analisados, mostra-se necessário que o telespectador perceba que uma emissora levanta determinado conteúdo para a sociedade com alguma intenção por trás, portanto sempre se deve ter noção que existe toda uma produção desconhecida que deve ser vista com cuidado. Também é de extrema importância que a família estabeleça dentro de seu cotidiano o tempo gasto em frente à TV e os programas a serem assistidos, "colocando na balança" os prejuízos e benefícios, e lembrando que os momentos de convivência familiar nunca devem se trocados por programas televisivos.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde