ENTRAR NA PLATAFORMA
Telenovelas brasileiras como influência social
No período literário do Romantismo, muitas poesias e sonetos criados na época, eram agentes influenciadores nas mentes de seu público. Hoje em 2017, encontramos os mesmos agentes influenciadores em formas de telenovelas, que vem tomando um espaço grande e perigoso na mente de seus espectadores.
Em síntese, uma pesquisa divulgada em 2011 pelo Ministério da Educação mostra que 72% dos brasileiros não tem a leitura e a pesquisa como um hábito cultural. Isto se torna prejudicial quando a massa não busca informações em outros meios de comunicação, fazendo com que a fala do protagonista da trama apresentada, seja uma verdade absoluta.
É inevitável dizer que diversas empresas ou até mesmo órgãos governamentais, se aproveitam do grande poder de manipulação que as telenovelas tem, para conquistar a mente do indivíduo, sendo que assim os mesmos possam acreditar na qualidade do produto oferecido, seja desde um novo detergente, ou até mesmo uma petição pública para o sancionamento de uma nova lei.
O poeta Jorge Amado (autor de grandes obras adaptadas em novelas), não via suas criações como via para manipulação, mas sim um válvula de escape para o ser humano. Entretanto, cabe a nós sociedade, nos conscientizarmos e buscar o patrocínio para gerar novos hábitos culturais, como a ampliação de bibliotecas municipais que deem acesso a todos, assim estimulando a leitura. Outra medida é a família junto ao MEC, ensinar as crianças desde cedo a ficar menos tempo vendos as novelas e mais tempo em atividades recreativas, assim ir a contra-mão ao senso comum distribuído em horário nobre.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde