ENTRAR NA PLATAFORMA
Tecnologia une ou separa as diferentes classes sociais

  A descoberta da pólvora pelos chineses, foi uma tentativa inteligente de aproximar e facilitar a interação social e econômica entre suas regiões.Por conseguinte, quase 1000 anos depois, a tecnologia da pólvora deu lugar a uma forma ainda mais rápida de comunicação, os aparelhos eletrônicos, que conseguem unir cidades e até países em alguns segundos.No entanto, na atualidade, devido ao preço da banda larga e o valor de compra de aparelhos eletrônicos, a tecnologia passou de ferramenta de inclusão para uma de segregação, principalmente em países emergentes, se verificando na separação entre as classes sociais no Brasil.


  Em primeiro plano, a invenção da tecnologia da pólvora no século X, moldou toda a dinâmica de interação nos séculos subsequentes.Assim sendo, a sociedade conta como a principal tecnologia desenvolvida desde a pólvora, a internet.Todavia, o fato da mesma não ser democrática, principalmente em páises como o Brasil, evidencia a dictomia entre as classes sociais, onde, devido ao preço elevado de produtos eletrônicos, a população tem que escolher em comprar uma tecnologia ou se alimentar, segundo pesquisa feita pela CGIB ( comitê gestor da internet no Brasil) 97% dos jovens brasileiros das classes A e B possuem acesso a internet, conquanto apenas 51% das classes C e D possuem o mesmo previlégio.Ratificando assim, o abismo social no país.


   Ademais, a disparidade informacional e social brasileira norteia a desintegração de um modelo de sociedade coerso.Pois, segundo o sociólogo Emille Durkeim, para uma sociedade atingir seu apogeu deve ser orgânica, ou seja, separada em funções bem definidas.Isto posto, a falta de políticas públicas que aglutinem socialmente a população por meio da tecnologia, desemboca em um quadro econômico desfavorável, uma vez que, segundo a revista Times, o sistema financeiro de um país está atrelado a tecnologia disponível.Portanto, cabe ao Governo a resolução de alternativas para diminuir o abismo social provocado pela tecnologia.


  Em suma, a história do mundo foi pautada na busca de novas tecnologias para a impulsão da sociedade.Por trás dessas lógicas, torna-se fulcral que o Governo Federal por meio do ministério da cidadania invistam em programas de democratização da internet.Tais programas devem contemplar lan-houses em regiões periféricas com o IDH baixo, subsídios fiscais para a diminuição do preço de produtos eletrônicos e da internet e aulas de informática gratuita em escolas públicas.Tudo isso com objetivo de atenuar a disparidade entre classes advinda da tecnologia.Visto que cabe ao Governo garantir os direitos fundamentais do indíviduo.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde