use o cupom aprovado21 e ganhe + 21% de desconto extra 21% OFF

Tabagismo nos dias atuais

Promulgada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a todos os cidadãos o direito a saúde e bem-estar. Entretanto, os desafios encontrados no tabagismo nos dias atuais impossibilitam  que esses direitos sejam executados na prática, por uma parcela da população. Sendo assim, torna-se evidente que este é um problema de saúde pública frequente na sociedade, uma vez que ocasiona em uma série de malefícios para população.


Em primeiro lugar, é importante destacar os impactos negativos que o tabaco pode causar na vida das pessoas que possuem o hábito de fumar. Dito isso,de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), o tabagismo é um fator de importante risco para o desenvolvimento de outras enfermidades, tais como infecções respiratórias, problemas cardiovasculares, câncer de pulmão, e até mesmo a morte. Dessa maneira, pesquisas da OMS apontam que cerca de oito milhões de pessoas morrem anualmente devido ao uso contínuo do tabaco. 


Ademais, vale salientar que apesar dos inúmeros impactos negativos do cigarro, esse persiste como um produto bastante comercializado e consumido, tornando-se, nas últimas décadas, muito utilizado entre jovens. Segundo a BAT (British American Tobacco), a instalação do hábito de fumar é um fenômeno adolescente. Fato que, devido à influência midiática, direta ou indiretamente, com exibições de filmes e séries em que atores aparecem fumando, por exemplo, milhares de jovens são influenciados a praticarem este hábito. Diante disso, é notório que os veículos de comunicação são um meio agravante para o problema. 


Portando, fica evidente a necessidades de políticas públicas para o combate do tabagismo no Brasil. Desse modo, cabe ao Ministério da Saúde em parceria com as mídias sociais, as quais provem de grande poder de influência na atualidade, promoverem  campanhas socioeducativas, por meio de anúncios ou comerciais, a respeito do combate ao fumo, com o objetivo de informar os efeitos negativos dessa prática e de como o uso contínuo do tabaco afeta a qualidade de vida do indivíduo, para que assim a população tenha conhecimento sobre esta problemática e entenda a importância de debater sobre o tema. Sendo assim, futuramente, o número de fumantes diminuirá e o direito a saúde promulgado pela ONU estará garantido a todos. 


 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!