use o cupom aprovado21 e ganhe + 21% de desconto extra 21% OFF

Tabagismo nos dias atuais

       Na famigerada série britânica "Peaky Blinders" é retratado a história da família criminosa Shelby, contudo, oque de fato chamou atenção nos episódios foi consumo execessivo de cigarros. Nessa sentido, no século XXI é notado que o tabagismo tornou-se análogo a ficção citada, tendo em vista que o ato de fumar fez-se habitualmente comum. Por conseguinte, a normalização do consumo de tabaco contribui ativamente para mal-estar da população mundial.


    Em primeira análise, até o ano de 1990 o tabagismo ainda não era condenado como hodiernamente é, porém, foi o suficiente para que propagasse vícios severos ao meio-social. Contextualmente, o fenômeno do fumo em larga escala está intriscecamente ligado a teoria de Hokheimer e Adorno sobre a Indústria Cultural, tal qual no século XX divulgavam o cigarro de maneira luxuosa como um catalizador para uma vida glamorosa, destarte, lucrando intensamente sobre essas propagandas. Em consequência disso, disseminando a útopia tabagista e consquistando a população mundial através da idealização dessa hábito, logo, tornando-o comum.


       Ademais, o manejo da imagem do tabaco e o uso normalizado do mesmo favorece diretamente a ampliação de doenças cardiovasculares e cancerígenas, como o câncer de pulmão. Todavia, conforme a filósofa alemã Hanna Arendt, o mundo vive episódios de Banalização do Mal, isto é, tornar habitual e comum aquilo que é nocivo e ruim. Em decorrência disso, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de 7 milhões de mortes são causadas pelo o uso direto do tabaco em virtude de doenças respiratórias, assim, evidenciando claramente por meio de fatos concretos que o fumo implica vigorosamente na vida do homem.


        Compreende-se, portanto, que medidas são necessárias para resolver a problématica do tabagismo. Sendo assim, compete ao Ministério da Saúde em colaboração do Estado a criação de campanhas eficientes de tratamento contra tabagismo exarcebado por meio de verbas estaduais, à  vista disso, seriam criados postos de saúde especializados em vícios, nesse contexto, garantindo o fornecimente gratuito de rémedios que combatem a abstinência à nicotina, para que dessa forma o indivíduo consiga se desintoxicar das substâncias do tabaco com finalidade de conseguir viver o cotidiano sem a necessidade de fumar.


 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!