O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Suicídio entre jovens

No século XIX, o filósofo Arthur Schopenhauer retratava em suas obras, que as vontades do ser humano nunca estariam saciadas. A partir deste pensamento pode-se tentar explicar porque de todos os dias jovens tirarem suas próprias vidas. O adolescentes que não se reconhecem como pertencente na sociedade vê-se sufocados em meio a tantas imposições. Além de sofrer com preconceitos e optar, muitas vezes, pelo uso de substâncias que o destroem pouco a pouco. É preciso acabar com esse problema de forma que jovens parem de acreditar que o suicídio é sua única escolha.
Em primeiro lugar, é preciso buscar entender a realidade do jovem. A família é o primeiro grupo social em que o adolescente está inserido, logo é de suma importância para a formação do jovem. Por vezes os pais acreditam que dar aos seus filhos presentes caros será o suficiente para suprir a falta de atenção. A escola também é essencial e dependendo da forma como jovem se encaixa nesse ambiente, pode-se determinar se ele sofrerá algum tipo de violência como o bullying. Além da comparação que o jovem faz com a vida de outros, especialmente pelo uso excessivo de redes sociais.
Além disso é essencial, compreender os caminhos que levam até o suicídio. O preconceito e a violência gerados pela orientação sexual do adolescentes podem também levar ao comportamento suicida, já que isto gera a sensação de não pertencimento e repulsa a si próprio. Outra questão a se levar em consideração são os comportamentos auto destrutivos, como o uso de drogas lícitas e ilícitas, que aos poucos acabam com a vitalidade de adolescentes de 16 e 17 anos.
Desta forma, fica claro o quanto estes jovens precisam de ajuda. Primeiramente a Secretária de Educação deve contratar mais profissionais especializados em ajudar os adolescentes em suas escolas. O Estado deve também investir e ampliar programas como o CVV ( Centro de Valorização a Vida). A escola deve reprimir toda forma de bullying e buscar apoiar seus aluno. A mídia, por sua vez, deve fazer as campanhas que busquem valorizar a vida e o jovem como cidadão da sociedade, mostrando a eles o quanto são importantes e valorizados. Por fim as famílias devem buscar conhecer e participar da vida dos adolescentes. Com isso, será possível, que o número de jovens que cessam suas vidas finalmente diminua.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!