O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Suicídio entre jovens



De um lado, indivíduos em silêncio e angustiados com suas vidas. Do outro, um país despreparado para combater casos de suicídio entre jovens que infelizmente, ainda é tratado como um tabu social. No entanto, é possível perceber que nosso país enfrenta essa epidemia silenciosa, e que a falta de medidas para erradicar esses fatos é o alicerce para que os casos só aumentem a cada dia.
Em primeiro lugar é preciso destacar os motivos que levam os indivíduos a tirar suas próprias vidas. Muitos casos principalmente entre jovens é o bullyng em ambiente escolar, eles se isolam, deixam de participar de atividades da escolares e tem comportamentos diferentes aos de antes, logo isso desencadeia não apenas em depressão mas também, o suicídio que atualmente mata mais que casos de HIV entre os jovens no Brasil.
Como se não bastasse os casos de bullyng, outro fato é o uso da internet pelos jovens que ainda é o mais grave para aumentar os casos de suicídio. Com o uso desenfreado da internet pelas crianças e adolescentes, elas podem ser influenciadas a fazerem coisas inusitadas e que podem trazer consequências em suas vidas, é o caso do jogo ''Baleia Azul'', que através de conversas via whatsapp são manipuladas a cumprir uma lista com 50 tarefas e a última é o seu suicídio.
Torna-se evidente, portanto, a necessidade de intervenções para desraizar essa questão no Brasil. Por isso, é fundamental que o Ministério da Saúde procure formas de ajudar os indivíduos que se encontram nessas situações, através de palestras e apoio psicológico. Ademais, é necessário que a mídia a grande difusora de informação, investir mais em documentários e entrevistas a fim de conscientizar que o fim da vida não traz nenhum benefício. Além disso, a família deve buscar o diálogo com seus filhos, para que saibam a fase que seu filho está passando e ajuda-los a superar. Só assim poderemos encarar um caso que não é um tabu e sim uma problema social que necessita ser erradicado.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!