O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Suicídio entre jovens

REDAÇÃO MODELO ENEM
TEMA: O SUICÍDIO ENTRE JOVENS NO BRASIL E NO MUNDO


     A série " 13 reasons why" (os 13 porquês), lançada em 2017 pela Netflix, narra a história de Hannah Baker, na qual a jovem norte-americana sofre diversas desilusões que a levam a cometer o suicídio - sendo essa uma forma de a garota aliviar toda a dor que sentia. Ocorre que o suicídio entre jovens não é um problema que se restringe ao universo ficcional: ele abrange o Brasil e o mundo todo. Com efeito, a construção de uma sociedade que repudia e previne o suicídio pressupõe o combate à "Cultura do Sucesso" e aos ideais do ultrarromantismo.
     Em primeiro plano, a valorização da saúde mental pela população garante redução no surgimento de pensamentos suicidas. Nesse sentido, Sigmundo Freud - Pai da psicanálise - desenvolveu o conceito de "Cultura do Sucesso" em sua obra "O Mal-estar na Sociedade". Segundo tal concepção, a sociedade moderna criou um ideário de que todo indivíduo possui a obrigação de obter sucesso em quaisquer atividades que se proponham a fazer. Sendo essa a realidade, os jovens de todo o planeta sofrem sob uma pressão exacerbada que exige resultados utópicos, gerando, por fim, uma sociedade deprimida e com potencial suicida. Nesse viés, não é razoável que as nações, que desejam desenvolvimento constante, mantenham viva a cultura descrita por Freud.
     Ademais, sentimentos que potencializam o autocídio  devem deixar de ser vistos com descaso. A esse respeito, cabe ao Ultrarromantismo a resposabilidade da perpetuação  da visão reducionista sobre a depressão e, logo, do suicídio. Nesse contexto, tal movimento literário retratou os sintomas depressivos e os desejos de pôr fim à vida como meros sentimentos, o que foi absorvido pelas pessoas e resulta, hoje, na indiferença da população quanto à problemática da ideação suicida. Desse modo, a eternização de pensamentos do século XIX se mostra nociva aos jovens ao tornar o suicídio um problema de saúde pública mundial.
     Urge, portanto, que o suicídio entre os jovens brasileiros e de toda nação seja combatido. Para isso, cabe ao Ministério da Educação, por meio de projetos pedagógicos nas escolas, desconstruir o imaginário de que o sucesso é sempre uma obrigação, de modo que haja foco na saúde mental e se atinja a finalidade de permitir o pleno desenvolvimento dos brasileros até a vida adulta. De outra parte, é dever da ONU, pela figura da OMS, fortalecer os serviços de saúde das nações por intermédio de cursos, como por via EAD, para melhor capacitação de psicólogos e médicos de todo o mundo. Essa atitude tem por objetivo destruir a visão reducionista sobre o suicídio e, assim, impedir que outros jovens tenham o mesmo fim da jovem Baker.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!