O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Sistema de saúde deficiente

Morar em um país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza, como cantado por Jorge Bem Jor, não basta. É preciso que este país seja desprovido de qualquer tipo de deficiência em sistemas essenciais como o da saúde. Isto não preocupa somente a população, mas também o Estado, tendo em vista que o motivo de tantos problemas relacionados a essa área é a falta de eficiência do mesmo.
Pagar por algo e não poder usar é algo certamente inaceitável para todos, mas é isso que vem acontecendo com o sistema de saúde pública no país. Segundo dados do IBGE, as famílias brasileiras financiam a maior parte das despesas de saúde no país, chegando a 57,4% total do valor delas em 2007, o que resulta em um total de 128 bilhões de reais. Apesar dos valores exorbitantes, o resultado esperado não é visto pela maioria da população.
A partir da falta de ineficiência do estado em aplicar corretamente o dinheiro na área da saúde pública, vários problemas começam a ser acarretados. Além da falta de recursos materiais para cirurgias, operações e demais necessidades, a remuneração de profissionais também é baixa, gerando a insatisfação dos médicos do SUS e finalmente afetando a qualidade do serviço para a população.
Com a compreensão de que algo precisa ser feito, torna-se necessário que o Estado tome providências em relação ao investimento na área da saúde pública, aumentando-a e aplicando-a corretamente em todos os setores. Além disso, o Estado também deveria otimizar o serviço de ouvidoria do SUS, dando mais ênfase e atenção aos problemas relatados pela população. Assim, espera-se alcançar a extinção do problema evidenciado.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!