O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Sedentarismo no Brasil

Desde o início do século XX, com a revolução industrial e o avanço tecnológico ocorrido na época, a humanidade passou a ser mais conectada e menos ativa. Contudo, toda essa conectividade do mundo atual, trouxe consigo a problemática do sedentarismo, principalmente em crianças, que estão cada vez mais inativas. Com isso, é necessário avaliar como o sedentarismo pode afetar negativamente o desenvolvimento das crianças.
No mundo contemporâneo, as brincadeiras comuns de crianças, foram substituídas por horas em frente à tablets e smartphones. De acordo com a revista médica Lancet, o sedentarismo é responsável por 13% das mortes no Brasil atualmente. Apesar do número alarmante as doenças causadas pela falta de atividades físicas são as que mais crescem, mostrando assim que o problema ainda persiste.
Entretanto, muitos problemas dificultam a resolução do impasse. O direito de ir e vir com segurança é garantido pela Constituição Federal de 1988. Porém, por falta de segurança no mundo atual, crianças são mantidas presas dentro de casa, estas então, se veem reféns da tecnologia, se tornando cada vez mais sedentárias. Dessa forma, a falta de segurança acentua o problema.
Desse modo, medidas são necessárias para combater o impasse. Diante disso, o Governo Federal em conjunto com Ministério da Saúde deverá apresentar palestras para os pais e filhos, fazendo com que a prática de atividades físicas se torne constantes. Além disso, a mídia, com seu amplo alcance, deve criar campanhas publicitárias que alertem sobre os efeitos e as doenças causadas pelo sedentarismo. Contudo, os órgãos responsáveis pela segurança da sociedade, devem ser reforçados, para garantir o direito de ir e vir previsto pela constituição.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!