O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Sedentarismo no Brasil

         Na era contemporânea, com a massiva democratização do acesso ao celular, há um elevado panorama de comunicação e interação, visto que praticamente todo cidadão porta um aparelho telefônico. Em contrapartida, nota-se que esse cenário trouxe efeitos colaterais importantes na sociedade, pois, devido ao uso excessivo dos ‘’smartphones’’, destaca-se um eminente quadro de sedentários no Brasil Hodierno, constituindo em um grave infortúnio social. Dessa forma, torna-se premente analisar os impactos principais dessa problemática: doenças cardiovasculares e obesidade.


       Desse modo, é válido postular que o sedentarismo é visto como pilar central em relação às doenças cardíacas. Dessa maneira, é licito informar que segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), a falta de atividades físicas comprometem a vascularização do sangue, ocasionando em uma insuficiência cardiovascular, podendo ser fatal ao paciente. Em paralelo, vale ressaltar que o índice de sedentários na sociedade brasileira vem se elevando constantemente. Logo, é verídico afirmar que devido ao grande número de pessoas indispostas a prática de exercícios, os casos desse patológico problema tende a deteriorar-se, resultando-se em uma alarmante situação. Entretanto, torna-se crucial desfazer tal panorama.


       Ademais, fica evidente que a problemática em questão é um impulsionador direto em relação à epidemia de obesidade no país. Portanto, vale destacar que segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), metade dos brasileiros não fazem atividades físicas regulares, onde esportes e exercícios aeróbicos são negligenciados desde a infância. Nesse raciocínio, tal cenário estimula o aumento dos números de obesos no país, visto que o indivíduo se sente incapaz de realizar práticas saudáveis. Nesse contexto, revogar esse quadro torna-se extremamente necessário.


       Em suma, fica evidente que o sedentarismo é uma grande problemática. Assim, a MÍDIA - grande articuladora dos conhecimentos públicos – deve informar, através de comerciais, os efeitos colaterais e suas consequências, com a finalidade de alertar a sociedade e amenizar tais danos, objetivando garantir a integridade dessas pessoas. Concomitantemente, as prefeituras – responsáveis pelos serviços básicos da população – realizem campanhas promovendo à prática esportiva ao ar livre, objetivando atrair as pessoas a hábitos saudáveis, com a finalidade de diminuir ao máximo essa adversidade. A partir dessas ações, espera-se promover uma melhora nas condições de saúde dessas pessoas.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!