ENTRAR NA PLATAFORMA
Saúde mental no século XXI

      O caso de Madalyn Parker que viralizou em 2017, ao decidir tirar folga de seu trabalho para cuidar de sua saúde mental, supreendentemente a resposta do "CEO" da impresa foi bastante positiva,ao agradecer, por ela lembrar da importância desse cuidado. No entanto, percebe-se na sociedade brasileira atual, ao tratar essas doenças como algo sem prioridade e relevância. Dentro outros fatores que contribuem para o aumento dos casos, destaca-se uma má alimentação com um sedentarismo e a falta do suporte do Estado.


      Primeiramente, a necessidade de incluir nutrientes em uma refeição, aliada com atividade física, evita que o ser humano se torne algo destrutivo. Dessa forma, à inexistência de uma dieta e esporte, acaba por facilitar a produção de hormônios do estresse, como o cortisol. Eventualmente, aumentam a possibilidade de surgimento de sintomas, por exemplo, da ansiedade, angústia e desânimo. Certamente, essas enfermidades comprometem na autonomia do indivíduo para gerênciar sua vida. Isso se evidência, por pesquisas feitas pela  Julia Rucklidge, professora de psicologia de "Canterbury" em Nova Zelândia, ao mostrar o poder que a nutrição com exercício físico tem para diminuir os efeitos de doenças mentais, no cotidiano de pessoas.


      Outrossim, o bem-estar é direito de todos e dever  do Estado garantir, segundo o artg.196 da Constituição Federal de 1988. Contudo, os baixos investimentos governamentais no âmbito mental vem colaborando para a falta de suporte. Decerto, pelo orçamento previsto para a área da saúde ser menor que 1,5% do total da pasta para atuação em 2019, de acordo com o Ministério da Saúde. Sendo assim, as ações relacionadas à saúde mental, no país, vêm sendo delegadas à assistencia social, oque torna ausentes debates técnicos e produção de conhecimento, concentrando apenas em diagnóstico e medição.


      Por conseguinte, é imprescindível adoção de medidas que estabeleça a melhora do transtorno mentel. Logo cabe ao Ministério da Saúde por meio de aumento em investimentos na pasta, produzir  estudos sociológicos com psicólogos especializados, promover palestras, sendo realizadas em horários nobres da "TV", levar a necessidade de estabelecer uma rotina de atividades físicas e nutritiva. Enfim, apartir dessas ações, diminuam os casos que afetam o bem-estar da sociedade brasileira,ao perceber a hora certa de cuidar-se como Madalyn Parker.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde