ENTRAR NA PLATAFORMA
Saúde mental no século XXI

A Constituição Federal, de 1988, prevê a todo cidadão o direito à habitação, educação e saúde. No Brasil atual, entretanto, a falta de mobilização do Estado permitiu o agravamento no número de casos de depressão e transtornos de ansiedade, o que representa uma afronta direta à condição humana. Nesse sentido, convém analisar as causas, consequências e possível solução do problema da saúde mental no século XXI.


É fundamental pontuar, de início, que o surgimento da internet, bem como o uso excessivo das redes sociais são causas agravantes dos problemas relacionados à saúde mental, baixa autoestima e bullying. Nesse sentido, um estudo publicado pela Revista Lancet revelou que, entre os adolescentes que passam mais de cinco horas por dia nas redes sociais, o percentual de sintomas de depressão cresce 50% para meninas e 35% para meninos. Dessa forma, é inadmissível que tais fatores continuem contribuindo na formação de um obstáculo social com dimensões cada vez maiores.


É imprescindível pontuar, também, que as consequências dos transtornos relacionados à saúde mental são, principalmente, a ansiedade e o aumento nos casos de mortes por suicídio. Isso ocorre devido à falta de acompanhamento mental e psicológico, bem como a inconsciência de que o suicídio tem se tornado um grave problema de saúde pública. Referências disso podem ser encontradas no “site” da Organização Pan-Americana de Saúde que divulgou que o tabu e o estigma fazem com que os necessitados não procurem ajuda e não recebam o auxílio que precisam.


Portanto, para que as prescrições constitucionais não sejam apenas teóricas, mas se tornem medida prática, é necessária uma ação mais organizada do Estado. Assim, o Ministério da Saúde - em atividade conjunta com a mídia - deve intensificar os programas públicos, nas escolas e nos hospitais, por meio das propagandas midiáticas e da contratação de novos profissionais na área da psicologia. Dessa forma, serão promovidas maior conscientização e prevenção nos casos de saúde mental no século XXI, assim como ocorre diante dos problemas referentes à saúde física do cidadão.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde