ENTRAR NA PLATAFORMA
Saneamento básico no Brasil

 


 No filme "O despertar de uma paixão", é retratado uma epidemia de cólera na China continental em 1920, doença essa que pode ser evitada com medidas básicas de saneamento. Fora das ficções, no Brasil atual, a distribuição de saneamento para a população ainda é um impasse, em que o negligenciamento e irresponsabilidade do estado é evidente. Logo, medidas precisam ser tomadas para solucionar a problemática.
 Primeiramente, de acordo com a Comissão de Serviços e Infraestrutura, cerda de 48% da população brasileira não possui coleta de esgoto, cujo a falta dessa ação traz problemas ambientais e doenças para a população. Diante esse contexto, é notório a irresponsabilidade do estado com o planejamento de estruturas para fornecer o básico de saneamento e também, a ausência de políticas públicas. Dessa forma, a iminência de problemas relacionados ao tema é crescente e situações que impactam a saúde, educação e qualidade de vida são consequências.
 Ademais, a Organização mundial de saúde (OMS) publicou que se 100% da população tivesse acesso à coleta de esgoto, os casos de internações por doenças relacionadas seriam menores em 74,6 mil. Entretanto, não é apenas a falta de esgoto tratado que causa o impasse, mas também o descarte de lixo impróprio e falta de aterros adequados, são ações que trazer dificuldades a população e ao governo. Assim sendo, a população por desânimo de conviver com esgoto aberto e lixos espalhados, acaba piorando a situação em que convive descartando resíduos, causando proliferação de doenças como a dengue.
 Urge, portanto, tendo em vista a necessidade de melhorias na situação de saneamento, é necessário que o Governo federal juntamente com o Governo Municipal, realizem políticas de aperfeiçoamento do saneamento básico, por meio de investimentos em estações de esgoto, aterros de lixo e coleta de resíduos regularmente, a fim de diminuir os dilemas que são evidentes hoje. Além disso, a mídia deve propagar para a sociedade a importância da higiene básica e ações que podem ajudar aqueles que não conseguem acesso aos tratamentos de higienização básica. Logo, os melhorias em todos os âmbitos citados vão ser evidentes e a pessoas iram ter maior qualidade de vida. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde