ENTRAR NA PLATAFORMA
Saneamento básico no Brasil

   Segundo a lei do saneamento básico número 11.445 criada no dia 05 de janeiro de 2007 diz que "o saneamento básico consiste no conjunto de serviços, infraestruturas e instalações operacionais de abastecimento de água potável, esgotamento sanitário, limpeza urbana, manejo de resíduos sólidos e drenagem de águas pluviais"Entretanto, há questões problemática quanto a criação desta lei, como é o caso da transgressão da mesma. Esse problema, relaciona-se a negligência estatal e pelo desconhecimento dos direitos, e que gera problemas a população mais pobre do Brasil.
   De maneira inicial, cabe ressaltar que o saneamento básico é um dos diretos mais essenciais que um cidadão possa usufruir.Ademais, apesar das medidas governamentais, o Brasil figura posição insatisfatória de universalização do saneamento básico no mundo em 2017, um estudo feito pelo Instituto Trata Brasil em parceria com o Conselho Empresarial Brasileiro para o desenvolvimento sustentável estimou que o país ocupava 112 primeira posição em um ranking de 200 países.
   Além do mais, conforme publicado no caderno de atualidades da abril no primeiro semestre de 2018, a matéria "saneamento sem o básico"mostra que a maioria das cidades brasileiras não são atendidas pelo serviço de coleta e esgoto.Além disso, o tópico apresentou alguns impactos que a falta do saneamento trás para a saúde publica, como é o caso de doenças, a cólera, a propagação da leptospirose e a diarreia grave, existe impactos ambientais como é o caso da possibilidade de contaminação da água e emissão de gases que favorecem o efeito estufa.Dessa forma, o apoio governamental é de extrema importância
   Diante disso, antes que os problemas em relação ao saneamento básico se agrave é preciso intervir.Logo, cabe ao Ministério da Educação-ramo responsável ela formação civil- criar projetos para propor o esclarecimento da importância do saneamento básico, por meio de mudanças na grade curricular adicionando uma matéria de obrigatoriedade, para que a população se torne mais crítica e engajada na cobrança pelos seus direitos.Desse modo, o Brasil avançará para uma sociedade com mais direitos iguais e individualista

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde