ENTRAR NA PLATAFORMA
Saneamento básico no Brasil

 A Idade Média ficou conhecida como um período muito trágico da Europa, o qual foi assolado por uma das maiores epidemias mundiais, a Peste Negra. Fora desse cenário, o Brasil, ainda sofre com os males da falta de saneamento básico, levando algumas regiões, como o norte de Minas Gerais e o Nordeste, a serem vítimas de inúmeras doenças. Portanto, deve-se dissertar sobre: a negligência do governo em relação as necessidades de lugares menos desenvolvidos e os impactos da ausência de saneamento na vida da população.


 Primordialmente, nota-se que regiões menos desenvolvidas, sofrem com a ausência de uma qualidade mínima de vida. Segundo o G1, 12 mil famílias em Santos, vivem em palafitas, sem o devido saneamento básico. Conforme os dados expostos, reafirma-se que por viverem em condições irregulares, essas pessoas não possuem os mesmos acessos como as que vivem nas cidades. Assim, é nítido que a vida dessa população corre riscos de saúde e são ignoradas por estarem à margem da sociedade.


 Além disso, é visto que doenças são desenvolvidas devido à falta de medidas de prevenção. Na obra “Urupês”, é retratada a vida de Jeca Tatu, um trabalhador rural, o qual desenvolveu a Ancilostomose, pela ausência do uso de sapatos ao trabalhar em contato com a terra úmida. Fora desse contexto, o Brasil, ainda sofre com outros males como a Teníase e a Esquitossomose, os quais facilmente seriam evitados. Desse modo, é necessário uma mudança desse cenário, para que todos recebam a mesma qualidade de vida.


 Portanto, para resolver as problemáticas sobre a negligência do governo em relação as necessidades de lugares menos desenvolvidos e os impactos da ausência do saneamento básico na vida da população, cabe ao Estado tomar providências. Dessarte, urge que o Ministério da Infraestrutura, promova o tratamento de esgoto e a coleta de lixo em todo o Brasil, começando nos lugares mais precários, a fim de que sejam evitados o aparecimento de doenças. Outrossim, urge que Ministério da Saúde dissemine, com campanhas nas escolas e em canais televisivos, medidas de profilaxia, como lavar alimentos crus, lavar as mãos antes das refeições e sempre fazer a fervura da água para cozinhar alimentos, para que assim seja formada uma consciência. Somente assim, será evitado o desenvolvimento de doenças e será preservada a vida da população.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde