O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Romantização da produtividade excessiva

  Desde o advento da industrialização, a produtividade excessiva passou a fazer parte das relações comerciais. Isso se deve, sobretudo, à busca pelo sucesso profissional e ao crescimento desenfreado do capitalismo. Com isso, esse panorama desafiador adquire uma romantização e acarreta efeitos negativos na sociedade, o que compromete seu íntegro funcionamento.


  Convém mencionar, primeiramente, que a busca vertiginosa pela ascenção profissional torna-se nociva ao trabalhador, uma vez que, ao apresentar inúmeros resultados positivos constantemente, sempre será exigido mais, o que leva ao esgotamento profissional. Conforme a Síndrome de Burnout, o indivíduo encontra-se em exaustão extrema, relacionada à intensa jornada de trabalho, desencadeando doenças psíquicas como ansiedade e depressão, o que compromete a saúde e a qualidade de vida do indivíduo. Dessa forma, faz-se necessário um equilíbrio dentro das empresas.


  Ademais, a superprodução mercantil deve-se ao crescimento exorbitante do capitalismo, que estimula uma intesa produtividade para atender aos desejos dos consumidores. Sendo assim, além dos resíduos despejados em áreas impróprias, que comprometem o bem-estar da população, ainda há o desgaste por parte dos trabalhadores, que procuram trabalhar mais em época de retração econômica, tendo como consequência um estilo de vida exaustivo. Desse modo, é necessário controlar os impactos negativos do capitalismo.


  Portanto, a romantização da produtividade excessiva é nociva para a sociedade. Assim sendo, urge ao Estado, por meio da criação de novas oportunidades de emprego - possibiltada por uma parceria com o Ministério do Trabalho - deve garantir uma saudável condição trabalhista, com o fito de extinguir a desnecessária competição profissional. Além disso, a sociedade deve regrar-se em face ao consumo desenfreado, utilizando somente o necessário, com o objetivo de findar o avanço do consumismo. E então, a romantização da produtividade excessiva será vista como algo negativo.  

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!